Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Seleção de handebol tem 5 casos de covid-19 na delegação às vésperas do Mundial

Os casos de coronavírus foram descoberto em exames PCR realizados na última quarta-feira (6)

Por: Do Estadão Conteúdo  -  11/01/21  -  21:38
Atualizado em 11/01/21 - 21:46
A entidade também explicou que os infectados estão isolados da delegação
A entidade também explicou que os infectados estão isolados da delegação   Foto: Divulgação/CBHb

Às vésperas do início do Mundial, a seleção brasileira masculina de handebol enfrenta um grave problema. Cinco membros da delegação, sendo um atleta que não teve a sua identidade revelada, testaram positivo para o coronavírus em Portugal, onde a equipe se prepara para a competição, agendada para o Egito.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


A seleção utiliza a estrutura preparada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) em Rio Maior desde 27 de dezembro. Os casos de coronavírus foram descoberto em exames PCR realizados na última quarta-feira (6), de acordo com nota divulgada pela Confederação Brasileira de Handebol.


A entidade também explicou que os infectados - quatro deles são membros da comissão técnica - estão isolados da delegação. Eles cumprem os protocolos definidos pelas autoridades portuguesas, permanecendo isolados por 14 dias, antes da realização dos testes necessários para o retorno ao Brasil.


Devido aos casos positivos, o restante da delegação da equipe nacional de handebol fará novos exames antes da viagem ao Egito, na quarta-feira. Inicialmente, o embarque estava previsto para a última sexta.


O Brasil vai estrear no Mundial em 15 de janeiro, diante da Espanha. Tunísia e Polônia serão os outros adversários da seleção no Grupo B.


Logo A Tribuna