Rival do Brasil na Copa, Suíça convoca quatro goleiros, dois deles lesionados

O time suíço será o segundo adversário dos brasileiros no Catar, no dia 28, no estádio 974

Por: Estadão Conteúdo  -  09/11/22  -  12:50
Sommer é um dos goleiros convocados
Sommer é um dos goleiros convocados   Foto: Divulgação

Rival do Brasil na fase de grupos da Copa do Mundo, a Suíça apresentou sua lista de convocados nesta quarta-feira. A relação conta com quatro goleiros, sendo dois deles machucados. O time suíço será o segundo adversário dos brasileiros no Catar, no dia 28, no estádio 974.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


O técnico Murat Yakin precisou incluir quatro goleiros na lista porque o titular Yann Sommer e o reserva Jonas Omlin são dúvidas Eles se recuperam de lesões sofridas recentemente. Com 76 partidas pela seleção suíça no currículo, o principal goleiro da equipe sofreu uma lesão no tornozelo no mês passado em jogo do Borussia Mönchengladbach.


Apesar da preocupação, Sommer se diz otimista para estar em campo a tempo de jogar a estreia da Suíça, contra Camarões, no dia 24. O duelo com o Brasil será quatro dias depois. E o confronto com a Sérvia está marcado para 2 de dezembro.


A federação suíça não revelou detalhes sobre a lesão de Omlin, que seria terceira opção para o gol da equipe. O reserva imediato de Sommer é Gregor Kobel, que vem se destacando no Borussia Dortmund. Em duelo da Liga dos Campeões contra o Manchester City, chegou a pegar um pênalti.


O time suíço, mais experiente e mais respeitado, será liderado novamente por Xherdan Shaqiri e Granit Xhaka, dois dos jogadores com o maior número de partidas com a camisa suíça. Após passagem frustrada pelo Liverpool, Shaqiri joga no futebol dos Estados Unidos e chega em baixa ao Mundial, ao contrário de Xhaka.


O capitão suíço é uma das referências do Arsenal, atual líder do Campeonato Inglês. E é parceiro dos brasileiros Gabriel Jesus e Gabriel Martinelli, que ele reencontrará no Catar. Xhaka será o capitão do time pela terceira Copa do Mundo seguida, somando 106 jogos pela equipe, apenas dois a menos que Shaqiri. Por outro lado, a Suíça terá a juventude do meia Fabian Rieder, de 20 anos Será o jogador mais jovem da seleção no Mundial.


Com a opção por quatro goleiros, o técnico da Suíça precisou reduzir o número de convocados em outras posições. Jogadores como Kevin Mbabu e Steven Zuber, ambos da defesa, ficaram fora da lista. E a delegação suíça terá apenas quatro atacantes de ofício no Catar. Para efeito de comparação, a seleção brasileira terá nove jogadores para a posição.


Confira os jogadores convocados para a seleção da Suíça:


Goleiros: Gregor Kobel (Borussia Dortmund), Philipp Kohn (Salzburg), Jonas Omlin (Montpellier) e Yann Sommer (Borussia Mönchengladbach)

Defensores: Manuel Akanji (Manchester City), Eray Comert (Valencia), Nico Elvedi (Borussia Mönchengladbach), Edimilson Fernandes (Mainz), Ricardo Rodriguez (Torino), Fabian Schar (Newcastle) e Silvan Widmer (Mainz)

Meio-campistas: Michel Aebischer (Bologna), Christian Fassnacht (Young Boys), Fabian Frei (Basel), Remo Freuler (Nottingham Forest), Ardon Jashari (Lucerne), Fabian Rieder (Young Boys), Xherdan Shaqiri (Chicago Fire), Djibril Sow (Eintracht Frankfurt), Renato Steffen (Lugano), Granit Xhaka (Arsenal) e Denis Zakaria (Chelsea)

Atacantes: Breel Embolo (Monaco), Noah Okafor (Salzburg), Haris Seferovic (Galatasaray) e Ruben Vargas (Augsburg).


Logo A Tribuna
Newsletter