CLUBE IMPRESSO ACERVO COVID
Ex-Fox Sports e ESPN, jornalista Fernando Caetano morre aos 50 anos
Repórter com destaque na crônica esportiva brasileira, Caetano morreu neste domingo (9)
Por: Estadão Conteúdo  -  09/05/21  -  09:27
Atualizado em 09/05/21 - 09:37
Jornalista Fernando Caetano morre aos 50 anos   Foto: Reprodução/Instagram

O mundo esportivo brasileiro amanheceu de luto e mais triste neste domingo com a notícia da morte do carismático e sempre sorridente repórter Fernando Caetano, ex-ESPN e Fox Brasil. As causas da morte não foram divulgadas, mas o jornalista havia sofrido um infarto há 15 dias, estava em recuperação e possivelmente teve uma parada cardíaca na madrugada.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Natural de Marília, interior de São Paulo, o repórter trabalhou por anos na ESPN, depois mudou-se para a Fox Sports, da qual acabou saindo após reformulação do grupo Disney no fim do ano.


Formado pela PUC de São Paulo, Fernando Caetano iniciou a carreira na rádio Jovem Pan, antes de brilhar na televisão. Atualmente morava com os pais em sua cidade natal, onde desenvolvia novos projetos para retomar a carreira.


Fernando era o tipo de repórter que todo mundo gostava. Sempre com sorriso no rosto, demonstrando alto astral e esbanjando alegria, fazia do jornalismo algo fácil. De voz marcante, não tinha medo de perguntar. Suas entrevistas eram como se batesse um papo com amigos.


A morte ocorreu nesta madrugada e muitos amigos, familiares e jornalistas lamentaram a precoce perda. "Meu coração está despedaçado, tio. Obrigada por tanto. Te amo infinito", lamentou a sobrinha Nelize.


A irmã Simone foi quem deu a triste notícia pelas redes sociais. Diversos jornalistas fizeram questão de prestar uma última homenagem ao repórter e solidariedade à família. Clubes de futebol também lamentaram a perda.


"O Corinthians lamenta a morte do repórter Fernando Caetano, que nos últimos anos passou por FOX Sports e ESPN Brasil, dentre outros veículos. O clube se solidariza com a perda e deseja força aos parentes e amigos do jornalista", postou o clube.


“Arrasado com a terrível notícia de falecimento do Fernando Caetano. Várias coberturas de seleção brasileira juntos, muitas risadas e grandes momentos. Desejo força à família nesse momento tão difícil”, escreve o jornalista Gustavo Hofman.


O narrador esportivo Silva Júnior também publicou uma mensagem ao colega de profissão. “Seu coração era tão grande e generoso que acabou parando de bater precocemente. Notícia devastadora! Que Deus o receba, FERNANDO CAETANO! Guardarei seu sorriso, companheirismo e amizade para sempre. Você fará muita falta!”


O comentarista Eugênio Leal afirmou que vai guardar as memórias ao lado do amigo com carinho. “Vou ficar com essa imagem. Do sorriso generoso, da alegria, do respeito, da comunicação simples e direta. Uma notícia devastadora a desta manhã. Por que tão cedo, amigo?”, escreve.


A despedida a Fernando Caetano será entre 10 e 14 horas deste domingo, na sala 4 do Velório Municipal de Marília.


Tudo sobre: