Esquiva Falcão deve disputar o título mundial com GGG

Fontes apontam que duelo pelos cinturões dos médios ocorra no Casaquistão, em março

Por: Estadão Conteúdo  -  26/10/22  -  21:18
Esquiva Falcão deve disputar o título mundial em março
Esquiva Falcão deve disputar o título mundial em março   Foto: Reprodução/Twitter

Esquiva Falcão deve disputar o título mundial com Gennady "GGG" Golovkin no Casaquistão, em março. Fontes nos Estados Unidos apontam que o duelo pelos cinturões dos médios da Federação Internacional de Boxe (FIB) e Associação Mundial de Boxe (AMB) deverá ter transmissão para o Brasil pelo streaming DAZN.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


FIB e AMB deram 120 dias para que as partes entrem um acordo para a realização do combate. Esquiva é o primeiro da Federação Internacional e, portanto, desafiante oficial de GGG.


Golovkin foi autorizado pela (AMB para lutar com Esquiva, com a obrigatoriedade de que o cubano Erislandy Lara, primeiro colocado na lista da AMB, seja o próximo a ter oportunidade de lutar pelo título.


Mas, segundo informações, vindas da Europa, o duelo com Esquiva poderá ser o último de GGG, que tem 40 anos. Seu cartel é de 42 vitórias, com 37 nocautes, duas derrotas e um empate. Sua última luta foi em 17 de setembro, quando perdeu para o mexicano Saul Canelo Alvarez, por pontos.


Aos 32 anos, o canhoto Esquiva Falcão está invicto como profissional, ao somar 30 triunfos, com 20 por nocaute. Ele se apresentou pela última vez em 29 de maio, com vitória sobre o argentino Christian Fabián Rios, por pontos.


Tanto Esquiva como GGG também tiveram carreiras de destaque no boxe olímpico. Ambos conquistaram a medalha de prata. O brasileiro subiu no segundo lugar do pódio na Olimpíada de Londres/212, enquanto o casaque foi vice-campeão olímpico em Atenas/2004.


Logo A Tribuna
Newsletter