Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Após deixar o Atlético-MG, Sampaoli é anunciado como técnico do Olympique

Treinador argentino assinou contrato até junho de 2023 com o time francês

Por: Do Estadão Conteúdo  -  26/02/21  -  22:54
Sampaoli só teve tempo de fazer um jogo à frente do Galo antes da paralisação
Sampaoli só teve tempo de fazer um jogo à frente do Galo antes da paralisação   Foto: Divulgação/Atlético Mineiro

Jorge Sampaoli é o novo técnico do Olympique de Marselha. Menos de 24 horas depois de se despedir do Atlético Mineiro com a vitória por 2 a 0 sobre o Palmeiras, o treinador foi anunciado pelo clube francês nesta sexta-feira (26), assim como outra mudança relevante, a saída do presidente Jacques-Henri Eyraud, que será sucedido por Pablo Longoria.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal, GloboPlay grátis e descontos em dezenas de lojas, restaurantes e serviços!


expectativa é de que as medidas diminuam o clima de crise e as cobranças da torcida, que chegou a invadir o CT do clube em janeiro. Agora, então, Sampaoli chega para suceder o português André Villas-Boas, que saiu do comando do time após desentendimento com a diretoria e vinha tendo o seu cargo ocupado interinamente por Nasser Larguet.


Sampaoli assinou contrato até junho de 2023 com o Olympique. "O Marselha é um clube do povo e eu posso me sentir nesse calor. No mundo existem lugares calmos e intensos. É o último que eu quero e aceitei sem hesitação. Este clube tem alma", afirmou o treinador argentino.


O Olympique já venceu dez vezes o Campeonato Francês, sendo o último em 2010, e é o único clube do país a ter faturado a Liga dos Campeões, em 1993. Nesta temporada, foi eliminado na fase de grupos da competição continental e ocupa o sétimo lugar no torneio nacional. E voltará a jogar no domingo, em casa, diante do segundo colocado Lyon.


Sampaoli, de 60 anos, teve destaque internacional ao dirigir a seleção do Chile, sendo campeão da Copa América em 2015. Ele comandou a Argentina na Copa do Mundo de 2018 nas oitavas de final. Sua única experiência na Europa foi pelo Sevilla, na temporada 2016/2017.


Ele havia chegado ao Atlético-MG em março de 2020, faturou o título estadual e terminou o Brasileirão em terceiro lugar. Tinha contrato até o fim da temporada 2021, mas optou por rompê-lo para assinar com o Olympique.


Logo A Tribuna