Santos pode receber classificatória do Triathlon para a Olimpíada de 2020

Confederação Brasileira manifestou interesse de realizar evento na cidade no dia 24 de fevereiro do ano que vem

Por: Sheila Almeida  -  24/11/18  -  20:09

Santos pode receber pela primeira vez uma etapa classificatória para a Olimpíada de 2020, em Tóquio, caso aceite o convite da Confederação Brasileira de Triathlon, que manifestou interesse de realizar na Cidade, em 24 de fevereiro do ano que vem, o 28° Triathlon Internacional de Santos/Continental Cup.


Seria o primeiro evento da modalidade em 2019 contando pontos para os Jogos Olímpicos e também a primeira vez que o município receberia uma competição com chancela da União Internacional Triathlon (ITU).


Na prova teria organização da NA Sports, que já realiza há quase três décadas o Triatlo Internacional. As alterações para adequadação ás regras da Continental Cup seriam nos horários e percurso, como explica o diretor da NA Sports e também diretor de prova, Núbio de Almeida.


"A largada seria 6h30 em vez de 7h30. Primeiro, com o pelotão amador. Às 9h30 largaria a elite feminina e 11h45 a masculina. Antes, a elite largava 15 minutos depois dos amadores", conta ele.


Sobre as interdições de tráfego em um período estendido, Almeida explica que já há um planejamento para minimizar impactos. "A prova sempre cruzou a Cidade e depois pegava a Avenida da praia. Se a prefeitura fizer uma pequena obra no canteiro central, os atletas profissionais vão dar voltas com as bicicletas na avenida Conselheiro Nébias apenas, num trecho de 2 km ou 2,5 km próximo a praia. É preciso apenas uma abertura no canteiro central para o retorno dos atletas", conta ele.


Entre as outras adaptações esperadas pela organização estariam maior atenção à conservação do asfalto. Para 2019, uma obra de tapa-buracos e a intervenção no canteiro central da avenida Conselheiro Nébias, diz Almeida. "A federação internacional conhece nosso know how técnico e quer saber se o poder público vai se comprometer. Poderia se tornar permanente e vir também a Copa do Mundo de triatlo para cá", diz.


Em troca


A NA Sports prevê que a cidade ganhe maior visibilidade trazendo um evento reconhecido internacionalmente, com peso na Olimpíada, além do incremento para o turismo. "O triatlo em Santos é um carimbo mundial. A Cidade ganharia em turismo e hospedagem, na semana entre as férias e o Carnaval, com uma estimativa de receber mais de 5 mil pessoas, já que cada participante traz em média três ou quatro pessoas da família ou equipe de treinamento. Seriam 1300 inscritos", diz Almeida, com expectativa, mesmo asinda sem falar com a prefeitura.


"Minha expectativa é maravilhosa. O objetivo é conquistar a confiança da federação mundial, mas só falar para eles que Santos tem capacidade de receber o evento não adianta. Tem que mostrar".


Logo A Tribuna