Guarujaense fatura a prata no Grand Slam de parajiu-jitsu no Rio de Janeiro

Thaynã tem limitações ao levantar, esticar e até mesmo girar o braço

Por: De A Tribuna On-line  -  23/11/18  -  13:27

Vencedor de três mundiais organizados pela Confederação Brasileira Paradesportiva de Jiu-Jitsu (CBPJJ), o paratleta guarujaense Thaynã Higor Cruz da Silva, conquistou o vice-campeonato na etapa do Rio de Janeiro do Grand Slam de ParaJiu-Jitsu 2018, no último domingo (18). O jovem de 20 anos tem uma lesão no plexo braquial esquerdo, resultante de um erro médico durante seu parto.


Thaynã tem limitações ao levantar, esticar e até mesmo girar o braço. Mas isso não impediu o guarujaense de conquistar seus objetivos, desde seus 13 anos de idade, quando iniciou na modalidade.


A competição foi realizada na Arena Carioca 1, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, nos dias 16, 17 e 18 de novembro. O local foi palco dos jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016.


"O sentimento é de muita alegria, pois lutei contra atletas de altíssimo nível e consegui o segundo lugar em um campeonato extremamente importante. Não consegui o resultado que queria trazer, mas fiquei feliz em estar entre os primeiros. Serve de aprendizado pra voltar mais forte para a próxima competição", comemorou o atleta.


Logo A Tribuna