Tricampeã do A Tribuna de Surf Colegial, Júlia Santos busca título do CBSurf Pro Tour

Santista é a atual vice-líder do ranking brasileiro e espera comemorar como a nova campeã nacional de 2019

Única atleta que disputou as duas finais do Circuito Brasileiro este ano, a santista Júlia Santos está confiante para buscar o título profissional da Confederação Brasileira de Surf (CBS). Após ter se recuperado de lesão, a atual vice-líder do ranking espera virar o jogo no CBSurf Pro Tour, neste sábado e domingo (7 e 8), na Praia Grande, em Ubatuba, para comemorar como a nova campeã brasileira de surf profissional de 2019.

As disputas começam no sábado às 8h (de Brasília). Entre as mulheres, Júlia tem uma diferença mínima para Taís de Almeida, do Rio de Janeiro, de apenas 20 pontos (1.610 contra) 1.590. A líder venceu na abertura do Circuito, no Ceará, e foi quinta em Santa Catarina, enquanto que Julia foi terceira e depois a segunda.

"Estou voltando de uma lesão no tornozelo grau 2 e, durante o tempo que fiquei em repouso, fazendo fisioterapia, só pensava em estar bem para essa última etapa. Vou dar o meu melhor para conquistar esse título que sempre sonhei", afirmou a atleta, que teve rompimento do ligamento tibiofibular anterior do pé direito surfando.

Como amadora, Júlia foi tricampeã do A Tribuna de Surf Colegial, um dos principais circuitos de base da modalidade no Brasil. A santista faturou o título na categoria feminina em 2011, 2012 e 2013. Atuando como surfista profissional, ela usa todo o dinheiro que ganha para ajudar nas despesas de sua casa e não tem condições, no momento, de disputar o Circuito Mundial.

Para ela, a conquista do título do CBSurf Pro Tour é o início de uma trajetória que vem planejando desde a infância, quando decidiu seguir no surfe, e pode significar ter um apoio maior para poder seguir uma nova fase da carreira, disputando o Mundial Qualifying Series (QS), em busca de uma vaga para a elite mundial. 

Tudo sobre: