Rodrigo Koxa relembra prêmio por maior onda surfada e comenta homenagem no exterior

Surfista conseguiu, em Nazaré, Portugal, surfar uma onda de aproximadamente 24,38 metros, que lhe rendeu o nome no Guiness Book

O surfista Rodrigo Koxa viveu um ano de 2018 que pode ser considerado como inesquecível. Ele conseguiu colocar seu nome no livro dos recordes, o Guiness Book, por surfar a onda mais alta do ano, na praia de Nazaré, em Portugal. Ela tinha o tamanho de 24,38 metros (aproximadamente um prédio de oito andares). O feito dele superou em 61 centímetros a marca de Garret Mc Namara, estabelecida em 2011.

Em entrevista ao programa Corpo em Ação, da TV Tribuna, ele relembrou com alegria seu feito e disse que superar seu ídolo é um sonho. 

"Foi uma honra. Tenho o Garret como ídolo há muito tempo. Conseguir surfar aquela onda e superar um ídolo não tem preço", disse Koxa.

O feito do surfista de ondas gigantes lhe rendeu homenagens aqui no Brasil e no exterior também. Em Nova York, na Avenida Times Square, ele viu sua onda sendo projetada na faixada de um prédio e comentou o que sentiu quando viu.

"Foi uma ação de turismo de Portugal. Eles encontraram um prédio de 24 metros na Times Square e projetaram a onda no prédio, Foi incrível para mim. Muito especial", afirmou.

Koxa está buscando ampliar ainda mais a sua marca e está disputando o óscar das ondas gigantes novamente. A decisão deste ano saiu em abril.  

Confira a onda surfada por Rodrigo em novembro de 2017 que lhe rendeu o prêmio:

Tudo sobre: