EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

20 de Julho de 2019

Pugilista de equipe de Santos é campeão brasileiro dos super médios

Lucas de Abreu, que representa a equipe Memorial, faturou o cinturão ao derrotar Alexandre Baptista por nocaute

O pugilista Lucas de Abreu, da equipe Memorial, é o novo campeão brasileiro da categoria super médios. O atleta ficou com o cinturão ao bater Alexandre Baptista por nocaute. A luta foi realizada em Sorocaba, no último sábado (9) à noite. Antes do combate, o título estava vago.

O duelo foi decidido ainda no primeiro round. Abreu derrubou duas vezes seu rival, que se levantou em ambos os momentos. No entanto, antes de o gongo soar, um soco de esquerda acertou Baptista, encerrando o confronto.

O campeão nacional reconheceu que o combate foi mais fácil do que imaginava: "Achei que a luta seria mais difícil. Eu tinha estudado o adversário, e ele é bem duro e técnico. Mas, logo no começo, consegui conectar bons golpes, que o abalaram". Desta forma, o vencedor manteve-se invicto. Agora, são 12 vitórias em 12 lutas, sendo 11 por nocaute.

Próximos objetivos

Sem perder tempo, Abreu já projeta o próximo passo: "Estou feliz por estar com o cinturão, mas sei que é só mais um passo na minha carreira. Quero ir em busca do título Latino".

Agente do pugilista, Felipe Moledas confirma que, agora, seu cliente vai atrás de conquistas internacionais. "Estamos trabalhando a carreira dele com muito cuidado, para crescer gradativamente. Os próximos passos são títulos internacionais, como o Latino. Depois, chegar ao patamar do título do mundo. Ele tem muito potencial, e estamos trabalhando para o ranquear nos principais organismos do boxe mundial".