Sérgio Díaz fala sobre papel de Romero na adaptação ao Corinthians e confessa ser torcedor do River

Atleta também comentou sobre a pressão que a torcida do Timão faz para os resultados virem

Por: De A Tribuna On-line  -  31/10/18  -  19:39
Sérgio Díaz durante coletiva de imprensa no CT
Sérgio Díaz durante coletiva de imprensa no CT   Foto: Peter Leone/Futura Press/Folhapress

Sérgio Diaz concedeu entrevista coletiva, na tarde desta quarta-feira (31), no CT do Corinthians e falou sobre sua adaptação no clube, que tem como personagem principal o atacante Romero e que é torcedor do River Plate. "Vou torcer até a morte pelo River, espero que eles ganhem (a Libertadores)".


O paraguaio chegou ao Timão em agosto, vindo do Real Madrid Castilla, e fica até o dia 31 de dezembro. O processo de adaptação a um novo clube não é uma das coisas mais faceis no futebol, porém, Díaz tem um aliado no Corinthians. Da mesma nacionalidade, inclusive. Trata-se de Romero.


"(Romero) Sempre está comigo, me ajudando no que necessito. Sempre estou com o Araos também. Viramos amigos. Ajudam os jogadores a se adaptar ao grupo e isso tem ajudado a me mostrar o que é o Corinthians. Ele (Romero) me contou que passou dificuldades, que não tinha minutos, não jogava muito, mas sempre calado, treinando e treinando. É o que estou fazendo. Para ter oportunidades grandes, como partidas seguidas e ser um ídolo como ele é. Quero estar sempre preparado para ter oportunidades no Corinthians".


Por estar há quase três meses no Timão, Díaz também comentou com os jornalistas como está enxergando seu novo clube. "Estou me adaptando aos companheiros e ao que é o Corinthians. Gosto muito do futebol brasileiro, me encanto com tudo, com o CT, com os treinos. Me sinto muito bem. Quando entro em campo já não sinto medo pelo trabalho muito bom feito no Corinthians. Tenho que reconhecer que meu físico ainda não está 100%. Contra o Bahia, senti um pouco no decorrer, mas estou bem, com vontade e quero me recuperar para estar 100%".


A torcida do Corinthians não está muito feliz com a campanha do Time. O atual campeão do Brasileirão, vive um ano complicado e de pressão por parte da torcida. Díaz também comentou sobre isso.


"O Corinthians é o maior do Brasil, se você não está bem sente a pressão. Estamos enfrentando isso agora, mas estamos fazendo de tudo para que a torcida se acalme. Vamos mostrar muito mais para chegar ao mais alto possível no campeonato".


Sobre o duelo de domingo (4), contra o Botafogo, o jogador disse que o time se sente mais tranquilo porque venceu o Bahia no último confronto e conseguiu se distanciar um pouco mais do Z4, porém, precisa ter cuidado pela proximidade com ele ainda. "Estamos mais tranquilos, mas estamos perto em cima e lá embaixo. Temos que seguir somando pontos".


O Timão (11º) está há 6 pontos da Chape, primeira no z4, e o Botafogo (15º) apenas um.


Sérgio Díaz está emprestado ao time do Parque São Jorge até o dia 31 de dezembro, pos pertence ao Real Madrid. Durante essa semana, o time merengue demitiu Lopetegui, pelos mals resultados, e está com Sormani como treinador interino da equipe. Para o paraguaio, a escolha dele para comanadar a equipe principal é boa e ele torce por ele no cargo.


"Treinador muito bom, me conhece bem, pelo trabalho que terá na primeira equipe, espero que ele consiga bons resultados no Real Madrid".


Logo A Tribuna