EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

21 de Agosto de 2019

Na Venezuela, Corinthians tenta ampliar vantagem sobre o Deportivo Lara na Sul-Americana

Depois de fazer 2 a 0 em casa, o Timão decide a classificação às oitavas de final em Barquisimeto

Com dificuldades de logística, o Corinthians viajou para Barquisimeto, a 363 km de Caracas, na Venezuela, para encarar o Deportivo Lara nesta quinta-feira (30). O embate é válido pelo jogo de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana, tendo o Timão conquistado a vitória na ida, em casa, por 2 a 0. Agora, a equipe alvinegra tenta aumentar a vantagem para conseguir passar com tranquilidade para as oitavas de final. A bola rola às 17h (de Brasília).

Segundo o GloboEsporte.com, a partida será realizada durante o dia (às 16h no horário local) por conta da crise pela qual a Venezuela atravessa. Isso porque a Conmebol se mostrou preocupada com a eletricidade do estádio, já que a luz elétrica não é uma garantia. Durante este mês, alguns estados venezuelanos sofreram longos blecautes, e Lara, onde será o jogo, foi um deles.

Não se sabe ao certo que time o técnico Fábio Carille vai mandar a campo nesta quinta, já que os treinos foram fechados. No entanto, se sabe que o treinador corintiano não terá Mateus Vidal e Pedrinho à disposição, já que os dois estão com a seleção olímpica, que disputará o Torneio de Toulon, na França. Ramiro também é desfalque, com dores na coxa.

Mesmo com a vantagem de dois gols, o Corinthians não deve ter jogadores poupados no duelo. Depois desta quinta, o Timão só volta a atuar na próxima terça-feira (4), quando encontra o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro. Portanto, o que se espera é que os alvinegros entrem em campo com força máxima.

Ficha técnica:

Deportivo Lara x Corinthians
Jogo de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana
30 de maio de 2019 (quinta-feira)
17h (de Brasília)
Estádio Metropolitano de Lara (Barquisimeto, Venezuela)

Prováveis escalações:

Deportivo Lara: Salazar; Aponte, Giacomo Di Giorgi, Miers e Carrillo; Medina, Centeno e Yriarte; Vargas, Moreno e Di Renzo. Técnico: Leonardo González

Corinthians: Cássio; Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Júnior Urso e Sornoza; Vágner Love, Gustavo e Clayson. Técnico: Fábio Carille

Árbitro: Wilmar Roldan (COL) 

Assistentes: Alexander Guzman e Wilmar Navarro (COL)