Corinthians empata sem gols com o Goiás e perde chance de subir para o 4º lugar

No gramado, em um jogo ruim, o Goiás foi mais perigoso, mas a partida ficou no 0 a 0

Por: Estadão Conteúdo  -  30/10/22  -  06:12
Com o empate, o time comandado por Vítor Pereira perdeu a oportunidade de tomar a quarta posição do Fluminense
Com o empate, o time comandado por Vítor Pereira perdeu a oportunidade de tomar a quarta posição do Fluminense   Foto: Divulgação

Em partida atrasa do Campeonato Brasileiro e válida pela 32 ª rodada, Goiás e Corinthians entraram em campo na noite deste sábado, no Estádio da Serrinha, em Goiânia, com a presença dos torcedores das duas equipes - a ausência de corintianos na data original, há 15 dias, acabou sendo o estopim para o adiamento do jogo. No gramado, em um jogo ruim, o Goiás foi mais perigoso, mas a partida ficou no 0 a 0.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


Com o empate, o time comandado por Vítor Pereira perdeu a oportunidade de tomar a quarta posição do Fluminense, time pelo qual foi derrotada no jogo passado, e segue na quinta posição, com 58 pontos. Já o Goiás continua com 43 pontos, na 13.ª colocação.


O primeiro tempo foi bem equilibrado. O Corinthians, que entrou em campo com um time mesclado e que precisava da vitória para voltar ao G-4 da competição, começou trocando passes e tentando entrar na área pelos lados do campo.


A partir da metade do primeiro tempo, o Goiás passou a apertar o adversário pelo setor esquerdo do seu ataque. Aos 17, Vinícius entrou na área, cortou a marcação e rolou para Dadá Belmonte, já sem Cássio, marcar o gol - o atacante bateu meio fraco e Lucas Piton conseguiu saltar.


Depois, aos 26, nova jogada pela esquerda do ataque do time goiano. A bola sobrou para Sávio e ele rolou para Dadá Belmonte. Livre de marcação, o atacante chutou forte, mas a bola explodiu na trave esquerda do goleiro Cássio.


O jogo piorou no segundo tempo. Com muita marcação, os dois times quase não tiveram chances de gol. Na melhor oportunidade, aos 36, Vinicius ajeitou de cabeça para a área e Cantillo chegou para afastar, mas quase fez gol contra - a bola explodiu no travessão.


Aos 46 minutos, a defesa do Goiás falhou e Yuri Alberto recebeu de Giovane na área. Ele dominou e tocou na saída de Tadeu para fazer o gol, mas a arbitragem marcou impedimento após revisão do VAR, decisão que gerou muita reclamação dos corintianos. Aos 49, em bola levantada na área do Goiás, Biro cabeceou, mas a bola bateu na trave. No rebote, Fausto Vera quase conseguiu marcar o gol da vitória, mas foi travado e a partida terminou empatada por 0 a 0.


FICHA TÉCNICA


GOIÁS 0 X 0 CORINTHIANS


GOIÁS - Tadeu; L. Halter, Reynaldo e Yan (D. Cardoso); Diego (Apodi), Caio, Matheus Sales (Luan Dias) e Sávio (Hugo); Dadá Belmonte, Vinicius e Pedro Raul. Técnico: Jair Ventura.


CORINTHIANS - Cássio; B. Méndez (Fagner), Gil, R. Renan e Piton (Fábio Santos); Vera, Du Queiroz (Cantillo), Giuliano e M. Vital (G. Biro); R. Guedes (Giovane) e Yuri Alberto. Técnico: Vítor Pereira.


ÁRBITRO - Paulo Cesar Zanovelli.


CARTÕES AMARELOS - Yan Souto, Lucas Piton, Lucas Halter, Gil e Fábio Santos.


RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis


LOCAL - Estádio da Serrinha, em Goiânia (GO).


Tudo sobre:
Logo A Tribuna
Newsletter