Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Corinthians confirma 10 novos casos de Covid-19 no elenco profissional

Confira quais são os atletas do Timão que foram testados com o vírus

Por: Do Estadão Conteúdo  -  27/01/21  -  13:50
Atualizado em 27/01/21 - 13:51
Danilo Avelar é um dos ateltas que testaram positivo para covid-19
Danilo Avelar é um dos ateltas que testaram positivo para covid-19   Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

OCorinthiansanunciou nesta quarta-feira dez casos decovid-19no elenco. Após uma rodada de exames feita pelo departamento médico, os atletas que testaram positivo foram isolados, iniciaram quarentena e não vão participar dos treinos pelos próximos dias. O próximo compromisso da equipe é diante do Bahia, nesta quinta-feira, em Salvador, peloCampeonato Brasileiro.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Os jogadores que testaram positivo para a doença foram: Danilo Avelar, Luan, Everaldo, Mantuan, Léo Santos, Guilherme Castellani, Walter, Ruan Oliveira, Ramiro e Matheus Davó. Desses nomes, apenas o meia Ramiro e os atacantes Luan e Everaldo estiveram em campo na última partida do time, a derrota por 2 a 0 para o Red Bull Bragantino na última segunda, dentro de casa.


Segundo comunicado do clube, todos os atletas estão assintomáticos e sob monitoramento constante do departamento médico. A tendência é que após dez dias afastados dos treinos os jogadores vão poder voltar aos trabalhos. Até lá o técnico Vágner Mancini terá de escalar o time sem esses atletas. Após enfrentar o Bahia, o time pega na sequência Ceará, Athletico-PR e Flamengo.


O Corinthians tem 45 pontos e está na 9ª posição no Campeonato Brasileiro. O objetivo do time nesta reta final de temporada é terminar entre os seis primeiros colocados para conseguir vaga na próxima Copa Libertadores. De acordo com os resultados das finais da Copa do Brasil e da própria Libertadores, é possível que em vez de um G-6, a competição tenha até um G-8.


Logo A Tribuna