Acordo entre Corinthians e Carille deve ser fechado essa semana

Diretor de futebol do Timão, Duilio Monteiro Alves, deverá se reunir na quarta ou quinta-feira com estafe de técnico

Por: Do Estadão Conteúdo  -  26/11/18  -  19:22
Fàbio Carille está de volta para tentar repetir campanha vitoriosa de 2017 com o Corinthians
Fàbio Carille está de volta para tentar repetir campanha vitoriosa de 2017 com o Corinthians   Foto: Getty Images/LatinContent/Brazil Photopress

O Corinthians está apalavrado com o técnico Fábio Carille para a próxima temporada. O treinador voltará comandar a equipe em 2019. Na quarta ou quinta-feira, o diretor de futebol do time paulista, Duilio Monteiro Alves, deverá se reunir com o empresário de Carille, Paulo Pitombeira, para formalizar o acordo.


Falta agora o Corinthians pagar a multa de US$ 700 mil (cerca de R$ 2,3 milhões) e o treinador rescindir contrato com o Al-Wehda, da Arábia Saudita - em maio, Carille deixou o time alvinegro e assinou por duas temporadas com a equipe árabe.


Jair Ventura ainda comandará o Corinthians na última rodada do Campeonato Brasileiro, domingo, às 17h, contra o Grêmio, em Porto Alegre. Mas o atual treinador, no entanto, deixará o clube com números muito ruins. Em 18 jogos, foram quatro vitórias, cinco empates e oito derrotas, aproveitamento de 31,3%.


Oficialmente, o Corinthians não confirma o acordo, o que deverá acontecer apenas após o término do Brasileirão, provavelmente na segunda-feira. Após o empate contra a Chapecoense em casa, no domingo, o diretor de futebol, Duílio Monteiro Alves, negou que Carille estava acertado.


"O Corinthians já colocou uma nota sobre isso. O Jair tem contrato e a gente tem um jogo importante, o último do Campeonato Brasileiro, e o Corinthians precisa buscar a vitória", disse. "O Fábio fez um grande trabalho quando esteve aqui, conquistou três títulos. Sempre que o Corinthians estiver em um mau momento ele vai ser pedido", prosseguiu.


A expectativa é que Carille chegue para receber salário em torno de R$ 500 mil e traga junto com ele a comissão técnica que levou para o futebol árabe. Estão com o treinador no Al-Wehda o preparador de goleiros Mauri Lima, o preparador físico Walmir Cruz, o observador técnico Mauro da Silva, além do auxiliar técnico Leandro da Silva


Logo A Tribuna