Saiba quantos votos são necessários para eleger vereador nas cidades do Litoral Sul e Bertioga

Projeções feitas por ATribuna.com.br indica o número máximo de votos para uma cadeira no Legislativo nos municípios de Itanhaém, Peruíbe, Mongaguá e Bertioga

A composição da Câmara Municipal é feita de forma proporcional. Isso quer dizer que nem sempre os mais votados têm acentos garantidos no Legislativo. Para eleger um vereador, é considerado o número total de votos válidos, quantidade de cadeiras na disputa e a soma dos sufrágios recebidos pelo partido.

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal, GloboPlay grátis e descontos em dezenas de lojas, restaurantes e serviços! 

Projeções feitas por ATribuna.com.br indicam o número máximo de votos necessários para que as legendas em disputas alcancem para eleger um candidato. O cálculo leva em consideração a hipótese de todos os eleitores aptos a votar (número do eleitorado) comparecesse às urnas, sem que houvesse votos brancos ou nulos. 

Veja as projeções:

Itanhaém

A cidade possui 81.271 eleitores e 10 cadeiras para a Câmara Municipal.

Para eleger-se é necessário que o candidato alcance 8.127 (10%) dos votos válidos.

Peruíbe

Possui 59.352 pessoas aptas a votar e 15 cadeiras no legislativo.

Com isso é necessário 3.956 (6,7%) dos votos.

Mongaguá

Os 47.506 eleitores, elegem 13 candidatos para a câmara dos vereadores.

É necessário que eles alcancem 3.654 (7,7%) de votos.

Bertioga

A cidade com o menor número de eleitores da Baixada Santista, possui 44.814 e elegem 9 cadeiras.

Para entrar o candidato precisa de 4.979 (11%) dos votos válidos.

Tudo sobre: