Confiantes, candidatos a Prefeitura de Praia Grande avaliam pesquisa do IPAT

Levantamento do Instituto de Pesquisas A Tribuna aponta empate triplo em 1º lugar

A corrida eleitoral em Praia Grande promete ser uma das mais acirradas. Delegado Comin (Pode), Raquel Chini (PSDB) e Alexandre Cunha (Republicanos) lideram a pesquisa de intenção de votos na pesquisa estimulada realizada pelo Instituto de Pesquisas A Tribuna (IPAT). Os três candidatos aparecem tecnicamente empatados pela margem de erro, que é de 3,8% para mais ou para menos. 

Assine A Tribuna agora mesmo por R$ 1,90 e ganhe Globoplay grátis e dezenas de descontos!

Com 12,9% das intenções de voto, o vereador Comin afirma que ficou surpreso com o resultado da pesquisa. “Gostei muito de ver meu nome figurar entre os três primeiros colocados”. 

Candidata apoiada pelo prefeito Alberto Mourão (PSDB), Raquel Chini aparece logo em seguida, com 11,2%. “Eu acho que [a pesquisa] foi muito positiva, porque eu mal fui anunciada, tem coisa de um mês que o prefeito Mourão indicou o meu nome. Agora, é partir para trabalhar, fazer reuniões e continuar apresentando nossas propostas, nosso plano de governo”. 

Alexandre Cunha, que tem 7,4% das intenções de voto, disse estar otimista. “Eu recebo com alegria o resultado da pesquisa. Estou afastado da política há um bom tempo e sempre muito bem pontuado, apesar do resultado estar diferente das pesquisas que a gente tem feito”. 

Confiança e otimismo

Danilo Morgado (PSL), com 4,7%, comenta que está confiante sobre a chegada ao segundo turno. “Por ser o único candidato novo, de verdade, e a primeira eleição, a minha avaliação é a melhor possível porque já mostra um crescimento devido às outras pesquisas que estamos acompanhando, e a menor rejeição entre os candidatos competitivos”. 

A vereadora Janaína Ballaris (PL) aparece em seguida, com 4,5%. Ela destaca que a intenção de votos este ano está maior do que na última eleição municipal, quando se candidatou ao cargo de vereadora. “Estou otimista, pois em 2016, na pesquisa, saí com 0,4% e tive 3,2%. Se for assim novamente eu serei a primeira colocada, com 32% dos votos”. 

“Os últimos serão os primeiros”

Mauricio Barbosa (PT), Erika Pedrosa (PRTB) e Jasper Lopes (PSOL) aparecem nas últimas colocações da pesquisa, com menos de 1% das intenções de voto. 

O pré-candidato Maurício Barbosa, 0,7%, destaca que tem um projeto de reconstrução do PT na cidade. Segundo ele, a expectativa é chegar ao segundo turno. “Os últimos serão os primeiros. Dadas as condições em que eu não sou muito conhecido na Cidade, essa pesquisa mostra que o nosso caminho está traçado”. 

Erika Pedrosa, 0,5%, reforça que a corrida eleitoral está só no começo. “Eu acredito que estou concorrendo com pessoas muito fortes na Cidade, porém tenho certeza de que a hora que eu realmente começar a fazer minha campanha esse índice vai se elevar e eu tenho certeza de chegar a um segundo turno”. 

Jasper Lopes, com 0,3%, afirma que não concorda com o fato de a eleição ser realizada em meio a um cenário de pandemia. 
“Não tem condições de você fazer uma campanha de rua, de falar com as pessoas. É um empate técnico entre aqueles que não têm estrutura, que são os três últimos, e empate técnico também entre os que estão em primeiro lugar, que têm exposição”. 

Tudo sobre: