Candidato pede reforço da Polícia Federal e uso de drones nas eleições em PG

Representação à corporação demanda uso de drones “como forma de assegura a igualdade de condições” entre prefeituráveis

O clima esquentou na reta final da corrida eleitoral pelo Palácio São Francisco, sede do Executivo de Praia Grande. O concorrente pelo PSL, Danilo Morgado, protocolou requerimento na Polícia Federal (PF) pedindo reforço policial no dia da eleição “para a apuração de possíveis irregularidades relacionadas à compra de votos”. 

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal, GloboPlay grátis e descontos em dezenas de lojas, restaurantes e serviços! 

Segundo o documento, que ATribuna.com.br teve acesso, o concorrente cita que “é de conhecimento notório, pelo histórico da cidade de Praia Grande, a prática de ilícitos eleitorais, como casos de compra de votos”. 

O concorrente pede a “utilização de drones pela Polícia Federal” para a fiscalização de eventuais crimes eleitorais no período de votação. “Para evitar que a prática de condutas ilegais venha desiquilibrar o resultado do processo eleitoral que se aproxima, solicito a utilização dos aparelhos tecnológicos existentes (drones) e o reforço policial para garantir o exercício pleno da democracia”, pede o candidato do PSL.  

Tudo sobre: