Candidato a prefeito de Santos, Bayard propõe reduzir impostos

Bayard Umbuzeiro Filho (PTB) é o 2o prefeiturável a ir à ACS Outra meta de Bayard: segurança jurídica e tributária para investir

O candidato do PTB à Prefeitura de Santos, Bayard Umbuzeiro Filho, planeja instituir uma política fiscal com redução de impostos, atrair investidores com base em segurança jurídica e tributária, armar a guarda municipal e criar um sistema de meritocracia para valorização do funcionalismo público, caso eleito. A proposta foi detalhada ontem na Associação Comercial de Santos (ACS) e está focada em 14 compromissos estratégicos para impulsionar a Cidade.

Bayard foi o segundo a participar do evento, que tem parceria com o Grupo Tribuna e a Associação dos Empresários da Construção Civil da Baixada Santista (Assecob). A experiência como empresário foi destacada por ele como um dos estímulos para conduzir a Cidade nos próximos quatro anos. “Minha indignação quantos aos tributos pagos na Cidade é outra motivação para ser candidato.”

Tanto que, entre seus compromissos, está a redução do Imposto sobre Serviços (ISS). “Não tenho prazo para fazer isso, mas creio que, no segundo ano de mandato, após um grande levantamento da situação do Município, acho que teremos condição de reduzir de 5% para 3%.” 

No transporte público, o destaque ficou para o plano de subsidiar o setor. “Temos uma receita de aproximadamente R$ 50 milhões por ano em multas e outras receitas oriundas do trânsito. Então, há possibilidade de subsidiar o transporte coletivo com essa renda. E temos de rever esses contratados todos.” 

Ele quer, ainda, ampliar investimentos na área de Segurança. “Nós pretendemos não só armá-los (os guardas municipais), como fazer uma dotação maior, em torno de R$ 3,5 milhões, para que a gente possa ter mecanismos para melhorar a Segurança. É dotá-la de tecnologia, armamento e aperfeiçoamento da sua conduta.”

Um sistema de meritocracia é apontado como caminho para valorizar o servidor. “Não queremos mais OSs (organizações sociais) na Saúde, queremos prestigiar o funcionalismo. Dotá-los de aperfeiçoamento, reciclá-los e adotar a meritocracia.” 

Questionado sobre políticas para idosos – 30% do eleitorado santista –, Bayard se comprometeu a criar uma secretaria.

O candidato também declarou que dedicará atenção especial para a Zona Noroeste. “Quero saber efetivamente quais são as grandes dificuldades e do que eles precisam, para que a gente possa colocar no nosso rol de trabalho. Vou lá e terei um plano especial para a Zona Noroeste.”

Tudo sobre: