Artigo: Por que ser prefeito? - Pelo candidato a prefeito de São Vicente Luiz Carlos Gianelli

Candidato pelo PSD conta por que decidiu candidatar-se à vaga de chefe do executivo de São Vicente

Luiz Carlos Gianelli 

Cidade: São Vicente 

Partido: PSD 

Número: 55

Pretendo ser prefeito de São Vicente para retirá-la da estagnação econômica. A primeira cidade do Brasil precisa, urgentemente, aumentar o Produto Interno Bruto (PIB) para ocorrer maior circulação de dinheiro, e assim, gerar substancial crescimento da receita pública municipal.

Clique aqui e assine A Tribuna por apenas R$ 1,90. Ganhe, na hora, acesso completo ao nosso Portal, dois meses de Globoplay grátis e, também, dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

O PIB encolhido numa cidade cuja população está em torno de 366 mil habitantes resulta em renda per capita baixíssima, de tal modo que a população apenas tem condições de consumir produtos essenciais para sua subsistência.

De acordo com o último levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a renda mensal de cada munícipe de São Vicente possui o valor de R$ 1.203,43.

A missão do próximo chefe do Executivo será tornar a cidade de São Vicente rica e a sua população, próspera.

Para isso, deverá viabilizar a regularização fundiária da Área Continental de São Vicente, a fim de adequar a posse direta das propriedades às escrituras presentes nos cartórios de registro de imóveis, de tal modo que haja possibilidade de se industrializar. 

Inúmeras empresas deixam de se instalar na Área Continental porque os investimentos para a instalação de infraestrutura normalmente precisam de financiamento bancário, que por sua vez conta com a exigência, por parte das instituições financeiras, da matrícula do imóvel como garantia para concessão do crédito. 

Adotadas as medidas regulamentatórias, São Vicente tornar-se-á atrativa à indústria exportadora, devido ao fato de que um terço dos produtos partem do Porto de Santos e a iminente instalação do Complexo Logístico de Transporte Aéreo Andaraguá, em Praia Grande.

A partir do instante em que se estabelecerem as condições propícias para a instalação de empresas que exportem produtos manufaturados, aumentará a atividade comercial interna, devido à elevação do volume de dinheiro em circulação. 

Isso resultará em maior prospecção de negócios, aumento do mercado de trabalho à população e, também, uma arrecadação de receita para a devida a operacionalização da máquina pública.

Diante de tudo o que foi apresentado, pode-se afirmar que a política pública mais adequada à cidade de São Vicente é torná-la protagonista no âmbito nacional, para que proporcione aos seus moradores melhor qualidade de vida através da oportunidade de se inserir no centro das relações econômicas.

Tudo sobre: