Artigo: Por que ser prefeito? Pelo candidato a prefeito de Guarujá, Miguel Calmon

Candidato pelo PRTB conta por que decidiu concorrer à vaga de chefe do Executivo de Guarujá

Miguel Calmon
Cidade: Guarujá
Partido: PRTB
Número: 28

Clique aqui e assine A Tribuna por apenas R$ 1,90. Ganhe, na hora, acesso completo ao nosso Portal, dois meses de Globoplay grátis e, também, dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Quero ser o melhor prefeito de Guarujá

Meu nome é Miguel Calmon, sou advogado, tenho 61 anos e comandei 400 advogados e 200 procuradores na Advocacia-Geral da União (AGU) em São Paulo, onde foi procurador-chefe. Moro em Guarujá desde 2004 e sou candidato a prefeito pela coligação Com Fé em Deus e a Força do Povo, formada pelos partidos PRTB, PSL, PMB e PMN.

Entendo que é dever de todo cidadão colaborar para melhorar as condições de qualidade de vida da sua comunidade. Foi com este espírito que reformei com recursos próprios duas creches e construí a Casa da Visão, no Maré Mansa. A partir deste trabalho, fui convidado para ser candidato a vice na chapa do ex-prefeito Farid Madi. Não ganhamos aquela eleição, mas ficou comigo o chamado para fazer de Guarujá e Vicente de Carvalho um lugar melhor para se viver.

Por morar em Guarujá há 16 anos, conheço os problemas estruturais da nossa Cidade, o que me permitiu elaborar um plano de governo bastante técnico e priorizando a redução de gastos da máquina pública para investimentos em setores prioritários como a saúde.

Queremos construir um hospital municipal e um centro de diagnósticos, para acabar com as filas para marcação de consultas e a espera de até quase um ano para exames.

Nosso plano contempla também obras importantes em Vicente de Carvalho, como o pátio de caminhões com estrutura de serviços como oficinas, borracheiros, restaurante e acomodações para os caminhoneiros, uma antiga reivindicação da categoria e dos moradores das ruas no entorno da Rodovia Conego Domenico Rangoni, que vivem diariamente os transtornos causados pelas carretas e veículos estacionados ou abandonados nas vias públicas.

Outra obra que impactará no distrito é o Parque 14 Bis, um arrojado projeto urbanístico e paisagístico para revitalizar as áreas abandonadas dos dois lados da Praça 14 Bis, com academias ao ar livre, concha acústica, pavilhões de exposição, áreas de lazer e área de alimentação. O novo parque valorizará os imóveis da região e resgatará a autoestima do distrito, abandonado pela atual administração, que priorizou a orla.

Eu e meu candidato a vice, Gilberto Benzi, vamos repetir, em Guarujá, a dobradinha vitoriosa do PSL e PRTB, meu partido e do vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, com quem estive em Brasília e que penhorou seu total apoio à nossa candidatura. Mais que isso: prontificou-se a abraçar a causa da privatização do Porto de Guarujá.

Finalizo agradecendo à população pela receptividade que a nossa campanha está tendo em todos os bairros da Cidade. Podem ter certeza que estou preparado para restituir ao Guarujá o lugar de destaque que outrora ocupou na Baixada Santista.

 

Tudo sobre: