Analia Silva não apoiará candidato no 2º turno de São Vicente

Quarta colocada no 1º turno, candidata pelo PT foi a opção de 3.591 vicentinos nas urnas, 2,20% dos votos válidos

A candidata do Partido dos Trabalhadores (PT) Analia Silva, quarta colocada na disputa pela prefeitura de São Vicente, afirmou que não irá apoiar nenhum dos candidatos no segundo turno das eleições municipais. Analia foi a opção de 3.591 vicentinos nas urnas (2,20% dos votos válidos).

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal, GloboPlay grátis e descontos em dezenas de lojas, restaurantes e serviços!

O posicionamento foi confirmado em publicação nas redes sociais nesta sexta-feira (20). 

"Não é característica do PT se omitir diante de temas tão importantes para os rumos de São Vicente e do País. No entanto, não encontramos qualquer elemento em nenhuma das duas candidaturas que nos apontem qualquer afinidade política. Por isso, não iremos apoiar nenhuma das duas candidaturas no segundo turno das eleições municipais de São Vicente. E, desde já, nos colocamos como oposição a qualquer um dos governos que venha se eleger", diz parte da nota.

2º Turno

O eleitorado vicentino retorna às urnas no dia 29 de novembro para definir o próximo chefe do Executivo. Essa será a primeira vez que uma eleição municipal é definida em dois turnos na cidade. 

Estão na corrida Solange Freitas (PSDB) e Kayo Amado (PODE). Em sua estreia na vida pública, Solange teve 67.558 votos (41,47% dos votos válidos). Kayo recebeu 55.307 votos (33,95%).

Tudo sobre: