Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Veja quais foram todos os times brasileiros eliminados antes da final do Mundial de Clubes

Eliminação do Palmeiras para o Tigres na semifinal foi uma das poucas de um time brasileiro no torneio intercontinental

Por: Conteúdo Patrocinado  -  10/02/21  -  11:59

Disputado pela primeira vez em 2000, aqui no Brasil, o Mundial de Clubes da FIFA é o grande desejo dos times brasileiros para se provar frente às principais forças de futebol que, tradicionalmente, vêm da Europa. Apesar da competição reunir todas as seis confederações (Conmebol, CONCACAF, UEFA, CAF, AFC e OFC), além de um representante do país-sede, os representantes das confederações da América do Sul e Europa chegam já na fase de semifinais do mata-mata.


Pelo chaveamento tradicional, o confronto contra os europeus é esperado na grande final, para chancelar, de certa forma, qual o melhor time do mundo. No entanto, alguns times brasileiros sequer conseguiram passar da semifinal, na qual espera-se um adversário mais tranquilo e, muitas vezes, subestimado por ser de uma confederação de menor tradição no futebol. Essas grandes zebras são raras, mas podem trazer muita alegria para os rivais e também para os apostadores que, no Betsul, o melhor site de apostas esportivas da América do Sul, podem lucrar com esses resultados surpreendentes no Mundial de Clubes. Em 16 edições, três clubes brasileiros ficaram pelo caminho e não chegaram à disputa da final do Mundial.


Depois de chocar o mundo em 2006 e conquistar o título em cima do campeão europeu Barcelona de Ronaldinho Gaúcho, Deco, Eto’o e companhia, o Internacional voltou ao Mundial de Clubes da FIFA quatro anos depois. Com a conquista da Copa Libertadores 2010, o Inter esperava novamente derrotar um gigante europeu, no entanto, o tão desejado encontro não saiu dos sonhos colorados.


De certa forma, o Internacional chocou o mundo novamente, mas de maneira negativa. Na semifinal, o time gaúcho perdeu para o modesto Mazembe da República Democrática do Congo. Os brasileiros não conseguiram sequer marcar um gol e perderam a partida por 2 a 0. Assim, foi a primeira vez que um time brasileiro não conseguiu passar para a final do torneio. Enquanto o Internacional ficou com a terceira colocação depois de vencer o Seongnam por 4 a 2 na disputa do terceiro lugar, o Mazembe perdeu por 3 a 0 para a Inter de Milão na final.


A conquista de forma heroica da Libertadores de 2013, classificou o Atlético-MG no torneio intercontinental. No entanto, Ronaldinho Gaúcho, Jô e companhia não conseguiram levar o Galo à decisão. Já que na semifinal, o time mineiro perdeu para o Raja Casablanca, do Marrocos, por 3 a 1. Na disputa do terceiro lugar, o Galo ainda conseguiu vencer o Guangzhou Evergrande por 3 a 2, enquanto o time marroquino não foi páreo para o Bayern de Munique na final, que terminou 2 a 0 para os alemães.


A mais recente eliminação precoce de um time brasileiro em Mundial de Clubes foi a do Palmeiras em 2020. Disputada no início de 2021, devido à pandemia da Covid-19, a competição teve o time alviverde como representante da Conmebol. Depois de vencer a Libertadores, os palmeirenses foram para o Catar, mas ficaram pelo caminho na semifinal contra o Tigres. Sem conseguir jogar bem, o time brasileiro perdeu por 1 a 0 com gol de pênalti marcado pelo artilheiro francês André-Pierre Gignac.


Se levarmos em consideração todos os representantes da Conmebol, apenas uma equipe foi eliminada precocemente do Mundial, além dos três clubes brasileiros mencionados acima. Em 2018, o River Plate foi eliminado na semifinal para o Al Ain, representante do país-sede dos Emirados Árabes. Depois de um empate por 2 a 2 no tempo regulamentar, os árabes venceram nos pênaltis e foram para a decisão contra o Real Madrid. Sem mais surpresas, os campeões europeus atropelaram na final e venceram por 4 a 1.


Sobre o Betsul


O Betsul é o melhor site de apostas esportivas da América do Sul, desenvolvido para atender os apostadores e torcedores mais exigentes. O site oferece uma interface simples, intuitiva e segura para o apostador se divertir à vontade a partir de diversas modalidades de apostas e uma extensa lista de esportes.


Com o ídolo Falcão, maior jogador de futsal de todos os tempos, como embaixador da marca, o Betsul também representa o braço brasileiro da Gambling for Change, organização que pretende revolucionar o mercado de apostas esportivas em todo o mundo.


Chamada de Jogo do Bem no Brasil, a iniciativa destina uma quantia do valor arrecadado com apostas no site para uma causa ou instituição social. Isso não implica em nenhum custo adicional para o apostador, é o Betsul que reparte um percentual do seu lucro para fazer o bem.


O Betsul é um site licenciado pela Curacao eGaming, com regulamentação e registro em Curacao. Número de registro: 8048/JAZ2019-017.


Logo A Tribuna