Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Libertadores 2020: Relembre todas as finais entre Palmeiras e Santos na história

Verdão e Peixe disputaram títulos em três oportunidades desde os anos 60

Por: Conteúdo Patrocinado  -  25/01/21  -  11:00
Atualizado em 25/01/21 - 18:19
Não são muitas as vezes que Verdão e Peixe decidiram um título
Não são muitas as vezes que Verdão e Peixe decidiram um título   Foto: Divulgação

Está chegando a final da Conmebol Libertadores da América 2020. Mais uma vez na história, dois brasileiros disputam o título, e mais uma vez Palmeiras e Santos se encontram frente a frente em uma decisão tão importante na história desta rivalidade. No dia 30 (sábado), às 17h (horário de Brasília), os paulistas medem forças no Maracanã, no Rio de Janeiro, para ver quem conquistará o continente e representará a região no Mundial de Clubes da FIFA.


O curioso é que apesar de possuírem rivalidade centenária, que se iniciou em setembro de 1916, não são muitas as vezes que Verdão e Peixe decidiram um título. Há muitas “decisões” entre eles em várias competições e jogos de mata-mata marcantes, mas em apenas três oportunidades, de fato, os rivais se viram se enfrentando em uma final.


A primeira delas aconteceu em 1960, na decisão do Paulistão de 1959. Como eles terminaram a competição empatados em número de pontos, foram necessários jogos extra para decidir quem ficaria com o título da temporada. Depois disso, apenas em 2015 os rivais se encontraram em finais, e veio logo em dose dupla, com briga por título do Paulistão e da Copa do Brasil.


Para esquentar essa bela história que receberá um novo capítulo no dia 30, vamos relembrar como foram as disputas de título envolvendo Santos e Palmeiras. Confira.


Paulistão de 1959 - A primeira final


Naquela época, o Paulistão era disputado nos mesmos moldes do atual Brasileirão (20 times, pontos corridos, turno e returno). Palmeiras e Santos empataram na primeira colocação após as 38 rodadas, com 63 pontos, 10 a mais do que a Ferroviária, terceira colocada. De acordo com o regulamento, o campeonato seria decidido em um jogo extra.


Nele, um tal de Coutinho, com 16 anos, foi escalado para suprir ausências no Peixe. Ele viu Pelé abrir o marcador e Zequinha empatar, ainda no primeiro tempo. Com isso, ficou decidido que eles se enfrentariam em mais dois jogos, independentemente do que acontecesse no segundo.


No mesmo Pacaembu, dias depois, o Santos abriu o placar com gol de pênalti de Pepe. O Verdão empatou com um gol contra e virou com tento de Chinesinho. Quando a partida parecia se encaminhar, novo pênalti convertido por Pepe selou novo empate.


O terceiro e último jogo finalmente teve um vencedor. Pelé mais uma vez abriu o marcador para o Peixe, mas isso foi o último lampejo do Santos na partida. O Palmeiras dominou o rival, virou com gols de Julinho e Romeiro e sagrou-se campeão paulista.


O Paulistão de 2015 - Título com muita emoção


2015 foi um ano mágico para a rivalidade, começando pelo Campeonato Paulista daquela edição. Palmeiras e Santos lideraram seus grupos, passaram por São Paulo e Corinthians, respectivamente, nas semifinais e se encontraram na decisão.


No Allianz Parque, o Verdão largou na frente na ida com gol de Leandro Pereira, que marcou o único tento daquela partida. Na volta, David Braz e Ricardo Oliveira armaram a vingança santista, mas o lateral-direito Lucas descontou para o alviverde e a final foi decidida nos pênaltis. O Peixe fez valer a torcida na Vila Belmiro e ficou com a taça.


A Copa do Brasil de 2015 - Revanche alviverde


A rivalidade entre Santos e Palmeiras estava no ápice em 2015 e a Copa do Brasil veio para mostrar isso. Na Vila Belmiro, o primeiro jogo da final foi muito truncado, mas Gabigol marcou na reta final para deixar o Peixe em vantagem. Esta que poderia ter sido maior se Nilson não tivesse perdido um gol sem goleiro no último lance do jogo.


Aquele lance pareceu um aviso ao Palmeiras, que na volta foi bem mais confiante. Dudu marcou o primeiro no segundo tempo e o segundo aos 40 minutos, fazendo aquele que parecia o gol do título. Logo na sequência, Ricardo Oliveira diminuiu e mandou mais uma final para os pênaltis. Desta vez, porém, melhor para o Verdão.


Finais entre Santos x Palmeiras


Palmeiras 1 x 1 Santos - 1º jogo Paulistão 1959


Palmeiras 2 x 2 Santos - 2º jogo Paulistão 1959


Palmeiras 2 x 1 Santos - 3º jogo Paulistão 1959


Palmeiras 1 x 0 Santos - 1º jogo Paulistão 2015


Santos 2 x 1 Palmeiras - 2º jogo Paulistão 2015


Santos 1 x 0 Palmeiras - 1º jogo Copa do Brasil 2015


Palmeiras 2 x 1 Santos - 2º jogo Copa do Brasil 2015


Sobre o Betsul


O Betsul é o melhor site de apostas esportivas da América do Sul, desenvolvido para atender os apostadores e torcedores mais exigentes. O site oferece uma interface simples, intuitiva e segura para o apostador se divertir à vontade a partir de diversas modalidades de apostas e uma extensa lista de esportes.


Com o ídolo Falcão, maior jogador de futsal de todos os tempos, como embaixador da marca, o Betsul também representa o braço brasileiro da Gambling for Change, organização que pretende revolucionar o mercado de apostas esportivas em todo o mundo.


Chamada de Jogo do Bem no Brasil, a iniciativa destina uma quantia do valor arrecadado com apostas no site para uma causa ou instituição social. Isso não implica em nenhum custo adicional para o apostador, é o Betsul que reparte um percentual do seu lucro para fazer o bem.


O Betsul é um site licenciado pela Curacao eGaming, com regulamentação e registro em Curacao. Número de registro: 8048/JAZ2019-017.


Logo A Tribuna