Tempestade tropical gera instabilidade e semana será de sol entre nuvens na Baixada Santista

Semana promete encerrar com chuva de fraca a moderada; confira a previsão do tempo

Apesar de perder força e avançar em direção ao norte do Estado, a tempestade tropical Mani ainda provoca instabilidade na faixa do litoral paulista. Com isso, o sol aparece entre nuvens carregadas no começo desta semana, que promete encerrar com chuva. As temperaturas sobem um pouco nesta segunda-feira (26), possibilitando à tarde e noite pancadas isoladas. 

Clique aqui e assine A Tribuna por apenas R$ 1,90. Ganhe, na hora, acesso completo ao nosso Portal, dois meses de Globoplay grátis e, também, dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

A instabilidade no clima deve-se à tempestade tropical formada neste domingo (25) na costa do Sudeste. Este sistema trouxe vento forte em áreas costeiras e chuva excessiva do litoral paulistas. Estes sistemas atípicos se formam nos meses mais quentes com o aquecimento das águas oceânica. 

O fenômeno climático deixa o céu nublado na manhã desta segunda-feira (26). Segundo o Instituto Climatempo, o sol deve aparecer com mais força à tarde, quando os termômetros podem oscilar entre 23 e 26º. Os modelos matemáticos indicam até 25% de chances de chuvas isoladas ao longo do dia. 

Na terça-feira (27), as temperaturas voltam a subir, atingindo a marca de 28º à tarde. O aumento nos termômetros e a alta incidência de nuvens formam condições para chuvas isoladas ao longo do dia. Situação que se deve se manter na quarta-feira (28), intercalando calor em elevação e possibilidade de precipitações pontuais. 

A partir de quinta-feira (29), a previsão é de tempestades isoladas com raios e trovões. Os termômetros devem oscilar para baixo, com queda de até quatro graus em relação à máxima do dia anterior. Os modelos matemáticos indicam mais de 60% de possibilidade de chuvas.  

Essa combinação de queda nas temperaturas e chuvas de fraca a moderada deve marcar o final de semana. Na sexta-feira (30), as temperaturas devem atingir máxima de 23º com até 70% de chances de chuva. Cenário que deve se repetir no sábado (31) e domingo (1º). 

Tudo sobre: