Logo A Tribuna

São Vicente anuncia mudança provisória da Zoonoses para o antigo Centro de Convenções

Medida foi oficializada no mesmo dia em que protesto ocorreu em frente à Prefeitura

Por: ATribuna.com.br  -  13/10/21  -  20:24
 O Centro de Convenções de São Vicente receberá o serviço para animais por 180 dias
O Centro de Convenções de São Vicente receberá o serviço para animais por 180 dias   Foto: Divulgação/Prefeitura de São Vicente

São Vicente anunciou uma série de medidas voltadas ao bem-estar animal nesta quarta-feira (13). A principal delas é a mudança provisória do Departamento de Controle de Zoonoses (Dezoon). O período estimado é de 180 dias. A divulgação do pacote ocorreu no mesmo dia em que um protesto foi realizado na porta do Paço Municipal, devido a diversos problemas constatados no setor nos últimos meses.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


Segundo a Administração Municipal, o cenário encontrado no início do ano pela atual gestão era crítico. Entre os problemas, estavam falta de recursos, medicamentos, vacinas, insumos e instalações consideradas precárias e inadequadas para o atendimento dos animais.


Ainda assim, de acordo com a gestão Kayo Amado, até agosto desde ano foram realizadas mais de 1,5 mil consultas com veterinários na rede pública, 2.046 castrações, quase 350 resgates e 193 doações.


Só que, visando uma solução definitiva dos problemas, haverá a mudança provisória da Zoonoses para o Centro de Convenções. O imóvel da Rua Catalão, na Vila Voturuá, será demolido por estar com a estrutura comprometida.


“Uma simples reforma não resolveria o problema e seria um desperdício de recursos públicos. A melhor alternativa e demolir e construir uma nova Zoonoses, com uma planta adequada às demandas de suas atribuições e que esteja alinhada aos princípios do bem-estar animal”, explicou a secretária da Saúde, Michelle dos Santos.


De acordo com a Prefeitura, o Centro de Convenções já está em fase de adaptação e readequação para manter os atendimentos, castrações e demais serviços já oferecidos.


Demais serviços
Ainda segundo a Administração Municipal, a Unidade Básica de Saúde Animal (Ubasa) não tem estrutura para cirurgias de grande porte, mas segue com o atendimento de baixa complexidade e presta apoio às campanhas de castração e vacinação.


Por sua vez, o Samu Animal foi descontinuado, pois não estaria com condições mínimas para funcionar. Por sua vez, o Castramóvel está em processo de regularização no Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV) para voltar às ruas.


Por fim, a Prefeitura informa que profissionais têm passado por capacitação para lidar com o dia a dia do setor e aplicar multas quando houver a constatação de maus-tratos.


 Um grupo de manifestantes esteve em frente à Prefeitura na tarde desta quarta-feira (13)
Um grupo de manifestantes esteve em frente à Prefeitura na tarde desta quarta-feira (13)   Foto: Cida Ribeiro/Divulgação

Logo A Tribuna