Vandalismo na orla de Santos resulta em prejuízo de mais de R$ 6 mil

Roubos de válvulas, depredação de portas e posto aconteceram na madrugada de domingo

Atos de vandalismo geraram prejuízos para a Prefeitura de Santos durante o fim de semana dos dias 30 e 31. Só na madrugada de domingo (30), oito válvulas hidra foram furtadas, três portas de sanitários danificadas e outra foi furtada, totalizando R$ 6.400 de prejuízo aos cofres públicos. Os atos ocorreram nos banheiros localizados nos canais 3 e 4, do Posto 2 e do Parque Municipal Roberto Mário Santini, no José Menino.

De acordo com a Subprefeitura da Zona da Orla e Intermediária, o valor corresponde ao investimento para realizar a manutenção de uma praça, incluindo a pintura do local, recuperação do playground e reparos em bancos. Em 2018, este tipo de crime resultou em um prejuízo de R$ 1,42 milhão ao município.

Além da problemática do furto, a ausência das válvulas hidra do Parque Roberto Mário Santini causou alagamento e falta d’água por algumas horas no local. A equipe da Urgência Urbana foi acionada para solucionar o problema e instalar as válvulas. Segundo a administração, os serviços já foram normalizados.

Além disso, as portas danificadas dos banheiros foram substituídas por tapumes de bandeiras até que o novo mobiliário seja comprado e instalado. Já o Posto 2, destinado ao armazenamento de produtos de limpeza, foi depredado e teve seu material furtado por vândalos.

Como medida de segurança, a Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar foram acionadas para intensificar o patrulhamento na orla.

As denúncias de atos de vandalismo e depredações podem ser realizadas por meio do telefone 153. Quem for pego praticando atos de vandalismo será encaminhado ao Distrito Policial e responderá por dano ao bem público.

Tudo sobre: