Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Vacinas contra a Covid-19 já estão esgotadas nas policlínicas de Santos

Para que os trabalhadores recebam a segunda dose, é necessário o envio de uma nova remessa por parte do Estado

Por: Por A Tribuna.com.br  -  04/02/21  -  14:22
Atualizado em 04/02/21 - 14:28
Quantidade de vacinas pode atrapalhar cronograma do Governo do Estado quanto à imunização
Quantidade de vacinas pode atrapalhar cronograma do Governo do Estado quanto à imunização

As doses das vacinas contra a Covid-19, destinadas à imunização dos trabalhadores da saúde, já se esgotaram nas sete policlínicas de Santos, na manhã desta quinta-feira (4).


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Antes das 8h, já haviam sido registradas filas nas policlínicas, principalmente nas unidades localizadas na região da Orla e Zona Intermediária. Funcionários das unidades realizaram triagem (conferindo a documentação dos trabalhadores e distribuindo senhas para aqueles que conseguiriam ser vacinados).


Em nota, a Secretaria de Saúde de Santos (SMS) esclarece que 100% dos profissionais que atuam na linha de frente contra o covid-19 já foram vacinados nas duas últimas semanas com as doses que foram encaminhadas pela Prefeitura diretamente aos hospitais, unidades de pronto atendimento e ao Samu. Desde a última terça-feira (2) foi aberta a vacinação aos trabalhadores da saúde - pessoas que atuam em serviços de saúde mas não necessariamente formados na área.


Para que os trabalhadores possam tomar a segunda dose, é necessário o envio de novas remessas de vacina por parte do Estado.


Conforme a orientação do Estado repassada às policlínicas, são considerados trabalhadores da saúde todas as pessoas que atuam em algum serviço relacionado a esta área, não apenas os que têm formação na área. Dessa forma, por exemplo, recepcionistas de clínicas e consultórios, desde que comprovem vínculo, são vacinados.


Para ser vacinado, é necessária a comprovação de que está atuando, o que não é possível apenas com a carteirinha do conselho de classe, visto que há profissionais formados e que continuam a contribuir com os seus conselhos mesmo não exercendo a atividade.


A vacinação contra a Covid-19 não impacta a imunização de rotina contra outras doenças, já que todas as policlínicas têm equipe e salas específicas para realizar a vacinação.


Leia mais >> Santos recebe mais de 11 mil doses para concluir vacinação dos trabalhadores da saúde


Idosos


Essa foi a terceira remessa de vacinas recebida por Santos. Além de vacinar os trabalhadores da saúde, o município já separou 1.900 doses desse mesmo lote pra vacinar os idosos acima dos 90 anos.


O grupo será vacinado a partir da próxima segunda-feira, dia 8, seguindo o calendário de imunização do governo do Estado.Eles receberão as doses somente nessas policlínicas: Embaré, Ponta da Praia, Campo Grande e Gonzaga, na praia; Nova Cintra e Jabaquara, nos morros; Vila Nova, Conselheiro Nébias e Martins Fontes, no Centro.


Logo A Tribuna