EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

20 de Maio de 2019

Tartarugas-verdes são devolvidas ao mar após tratamento no Aquário de Santos

Animais foram resgatados debilitados após ingerir resíduos plásticos. Processo de reabilitação teve duração de três meses

Duas tartarugas-verdes tratadas por veterinários do Aquário de Santos foram devolvidas ao mar. A ação ocorreu junto ao Parque Estadual Marinho da Laje de Santos, já que a espécie é habituada a ilhas oceânicas, e foi acompanhada de perto por mergulhadores, biólogos e demais profissionais.

Os animais foram resgatados bastante debilitados. O tratamento teve duração de três meses e consistiu na remoção de resíduos plásticos ingeridos, além da cura de tumores de pele. Atualmente, há outras 14 tartarugas em recuperação no equipamento santista.

A ação no mar, na última quinta-feira (4), foi acompanhada pelo secretário de Meio Ambiente, Marcos Libório. “Indivíduos cada vez mais jovens têm contato com o lixo, e isso prejudica toda a cadeia alimentar marinha”, explica, ressaltando a eficiência do serviço realizado pelo município. “O Aquário funciona como um verdadeiro hospital”.

Tratamento teve duração de três meses e consistiu na remoção de resíduos plásticos ingeridos pelos animais (Foto: Isabela Carrari/PMS)