EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

13 de Agosto de 2020

Tarifa do ônibus sobe para R$ 4,65 na próxima segunda-feira em Santos

Reajuste é de 8,1% e, segundo a Prefeitura, principal motivo foi a queda no número de passageiros transportados no ano passado

A tarifa dos ônibus e lotações municipais de Santos subirá para R$ 4,65 a partir da zero hora de segunda-feira (13). O reajuste é de 8,1% sobre o preço atual, de R$ 4,30. O decreto foi publicado nesta sexta-feira (10), no Diário Oficial do Município. A queda no número de passageiros transportados no ano passado, de 8%, foi o que mais colaborou para o aumento do preço, diz a Prefeitura.

Continuam a valer meia passagem aos domingos para pagamento com cartão transporte comum e 50% de desconto para estudantes matriculados em cursos regulares (R$ 2,30).

Em nota à imprensa, o Município justificou o reajuste pelo fato de não haver subsídio municipal ao valor da tarifa e se consideraram fatores como reajuste de salários (5%) e aumentos do diesel (8%) e de peças (12%) entre dezembro de 2018 e novembro do ano passado.

Com o novo preço, usar o transporte coletivo santista em duas viagens diárias, de ida e volta, custará R$ 9,30. Em um mês com 26 dias úteis, R$ 241,80 — quase um quarto do atual salário mínimo, de R$ 1.039,00.

CARTÃO

Quem já possui créditos no cartão transporte (CT) terá descontado o valor atual mesmo depois do aumento da passagem.

Até amanhã, será possível carregar o CT pela tarifa atual nos postos de atendimento da Viação Piracicabana na Estação Rodoviária (Centro), no Shopping Parque Balneário (Gonzaga) e no Shopping Praiamar (Aparecida).

Estes são os horários de funcionamento dos postos: no Centro, hoje, das 8 às 19 horas, e amanhã, das 8 às 16 horas; no Gonzaga, hoje, das 10 às 19 horas, e amanhã, das 10 às 14 e das 15 às 19 horas; e na Aparecida, hoje, das 10 às 19 horas, e amanhã, das 9 às 11 e das 12 às 18 horas.

HISTÓRICO

Este será o quarto reajuste anual seguido da tarifa de ônibus na Cidade, anunciado sempre na primeira semana de janeiro.

Em 2017, a correção havia sido de 18,46%, após 20 meses sem aumento: de R$ 3,25 para R$ 3,85. No ano seguinte, houve alta para R$ 4,05. No ano passado, para R$ 4,30, o valor atual, que subirá para R$ 4,65 no domingo.

O reajuste acumulado entre o início de 2017 e agora é de 20,8%.

 

Tudo sobre: