Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Santos viverá novo bloqueio total das praias por conta da Covid-19 após três meses

Munícipio terá reunião para decidir se seguirá medidas impostas pelo governo estadual

Por: Por ATribuna.com.br  -  11/03/21  -  16:53
Atualizado em 11/03/21 - 16:58
Datas de folga em 2019 deverão ser menores
Datas de folga em 2019 deverão ser menores   Foto: Carlos Nogueira/AT

As praias de Santos podem ser fechadas pela primeira vez após mais de três meses, seguindo determinações do Governo do Estado de São Paulo para o combate à Covid-19. O último fechamento aconteceu na virada do ano de 2020 para 2021.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Na ocasião, o prefeito Paulo Alexandre Barbosa decidiu pelo fechamento para evitar aglomerações no Réveillon. As praias da cidade ficaram fechadas nos dias 31 de dezembro e 1 de janeiro. Nos dias anteriores (25, 26 e 27 de dezembro) e seguintes (1º, 2 e 3 de janeiro), o fechamento foi descartado.


Agora, com a decisão do governo estadual de criar a "fase emergencial" do Plano São Paulo, todas as praias da região podem ficar fechadas entre os dias 15 e 30 de março.


O prefeito Rogério Santos vai se reunir com representantes do Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb) nesta quinta (11), às 17h, para decidir se acatará as medidas impostas pelo governador João Doria.



Quarentena


Em março de 2020, foi decretada quarentena em todo o estado de São Paulo, como medida para frear o avanço da Covid-19. Em Santos, a restrição do acesso às praias começou no dia 3 de abril.


O município decidiu pela flexibilização 80 dias depois, no fim de junho, quando Paulo Alexandre Babrosa liberou as praias para a prática de esportes individuais.


Logo A Tribuna