EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

5 de Agosto de 2020

Santos monta comitê para investigar mortes por coronavírus

Objetivo é corrigir falhas e criar procedimentos que ajudem no combate ao coronavírus

Com 222 mortes em decorrência da covid-19 até este sábado (13), Santos ganha um reforço para tentar entender com mais detalhes o falecimento de cada vítima fatal, corrigir possíveis falhas na operação e implantar novos procedimentos que ajudem a aprimorar o combate à doença. 

É o Comitê Técnico de investigação dos óbitos de covid 19, criado na última sexta-feira pela Secretaria Municipal de Saúde. 

O secretário de Saúde de Santos, Fábio Ferraz, conta que a medida foi inspirada no comitê criado pela Cidade há alguns anos para estudar e combater a mortalidade infantil. “Foi uma ação muito importante e que deu muito certo. Sabendo as causas e o que gerou, passamos a ter condições de aprimorar o combate”, explica. 

Para isso, a comissão técnica formada por médicos e profissionais da Saúde deve fazer uma investigação mais aprimorada e profunda de cada caso, além de receber o histórico do paciente. A ideia é ir à residência, conversar com familiares, se baseando em dados hospitalares e de laboratório para que se trace um perfil mais detalhado e se corrija informações, como as da causa da morte e até a localidade de residência da vítima.

“Hoje isso não é feito de uma forma orgânica. Acontece, de alguma forma, pela dedicação das equipes, mas, a partir de agora, vai seguir um protocolo”, diz Ferraz.

Semanal

O comitê, que deve se reunir semanalmente para discutir os resultados, vai também avaliar o fluxo no sistema de saúde, voltado a subsidiar as políticas públicas e as ações de intervenção.

O comitê é presidido pela médica da vigilância epidemiológica Claudia Sffeir de Oliveira Meurer e tem como vice a médica Josiane Quintiliano Xavier de Castro, que foi integrante do comitê estratégico para mortalidade infantil no Município. 

“Numa pandemia, o enfrentamento só se dá com informações corretas”, conclui o secretário.

Tudo sobre: