EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

6 de Agosto de 2020

Santos inaugura Policlínica no Jabaquara

Unidade é a primeira feita com parceria universitária e a capacidade de atendimento é de até 18 mil pessoas

A Policlínica Jabaquara, em Santos, pode ser um novo norte a ser seguido como modelo de parceria entre o poder público e o privado, segundo a Prefeitura. Construída pela Fundação Lusíada, com investimento de R$ 20 milhões, o local terá exclusividade para utilização de estudantes como parte de estágios em cursos de graduação e pós-graduação, em troca da concessão do imóvel ao município.

“É a primeira policlínica universitária da Cidade. Isso é muito relevante. Já temos a contribuição dos estudantes, mas agora é um espaço programado para tal, tanto que os consultórios são mais amplos para ter paciente, profissional e um estudante”, afirma o secretário municipal de Saúde, Fábio Ferraz. 

A expectativa é que quatro mil moradores dos bairros Jabaquara e dos Morros Jabaquara, Fontana, São Bento e Nova Cintra serão beneficiados. A estrutura conta com dois andares com 14 consultórios comuns, um consultório odontológico, salas de observação, auditório, dispensário de medicamentos, sala de inalação, sala de curativos, sanitário e expurgo.

“Avançamos muito em relação à estrutura com essa obra. No Jabaquara, já temos a maior escola da Cidade e agora a maior policlínica da Cidade, que vai atingir não só os bairros, como os morros. Traz um novo conceito na administração. Fazer oferta dos serviços públicos sem ter um centavo de recurso público. Num momento de crise, é preciso ter criatividade e esse talvez seja o maior exemplo do que conseguimos”, diz o prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB).

No momento, a unidade tem dois médicos de saúde da família, um pediatra, três enfermeiros, quatro técnicos de enfermagem, um dentista, um auxiliar de saúde bucal, oito agentes comunitários de saúde, dois agentes de combate a endemias, um auxiliar de laboratório, dois oficiais administrativos, além das chefias de seção e administração.

De acordo com a Prefeitura, a ideia é expandir o atendimento. A capacidade instalada é de até quatro equipes da Estratégia de Saúde da Família, totalizando 18 mil pessoas, representando mais de três a cobertura atual, segundo a administração.

A Policlínica funciona das 7 às 17 horas, de segunda a sexta-feira, na Rua Vasco da Gama, 32.

Tudo sobre: