Santa Casa de Santos conta com duas novas câmaras hiperbáricas

Equipamentos serão utilizados em pacientes queimados, com fraturas expostas, entre outros

Pacientes com indicação para oxigenoterapia hiperbárica passam a contar com duas novas câmaras na Santa Casa de Santos. A obra de reestruturação foi realizada com recursos e apoio da médica chefe do serviço, Ieda Maria Berriel de Abreu Trombino, em parceria com a Santa Casa de Santos, que disponibilizou o espaço.

Muito utilizada em pacientes queimados, fraturas expostas, osteomielites, pés diabéticos, síndromes compartimentais, entre outras, a oxigenoterapia hiperbárica consiste em o paciente ficar dentro de uma câmara transparente, hermeticamente fechada, respirando oxigênio puro. Este oxigênio, ao ser transportado para o sangue, melhora a circulação em tecidos com pouca irrigação e estimula a formação de novos vasos.

Hemodiálise

Já o serviço de Hemodiálise da Santa Casa de Santos continua sendo o maior da região. No início deste ano, o Serviço de Nefrologia da Santa Casa substituiu 50 máquinas de hemodiálise, por modelos mais modernos.Elas foram adquiridas com recursos próprios, sem ajuda de recursos públicos, Com essas máquinas, o hospital estima economia de R$ 1 milhão.

Atualmente, o serviço de Nefrologia atende 253 pacientes contínuos, sendo 158 do SUS, que representam 62% do total.

Tudo sobre: