Regulamento do carnaval de Santos sofre alterações para 2019

Entre as novidades, estão um novo critério de desempate na apuração e o limite mínimo de pontos nos desfiles

Por: De A Tribuna On-line  -  11/12/18  -  09:57
Mudanças foram oficializadas pela Prefeitura e já valem para o ano de 2019
Mudanças foram oficializadas pela Prefeitura e já valem para o ano de 2019   Foto: Divulgação/ PMS

O regulamento dos Desfiles Oficiais das Escolas de Samba de Santos sofreu alterações. As mudanças serão aplicadas já neste próximo carnaval, em 2019, e as novidades se concentram em um novo critério de desempate na apuração e o limite mínimo de pontos nos desfiles.


As mudanças foram oficializadas na segunda-feira (10). A nova regra está disponível no decreto 8.289, de 6 de dezembro de 2018, elaborado pela Prefeitura de Santos em parceria com a Liga Independente Cultural das Escolas de Samba de Santos (Liess).


No Grupo Especial, a principal mudança será no critério de desempate. Antes, se as escolas alcançassem a mesma nota, um dos nove quesitos era sorteado para equiparar as avaliações dos jurados e, enfim, anunciar a agremiação campeã.


Agora, haverá descarte da pior nota de cada quesito. Em caso de empate, essas notas serão reconsideradas na somatória para decidir a campeã.


Já nos grupos 1 e de Acesso, mudaram as notas mínimas que as escolas campeãs têm de atingir para serem promovidas de patamar no carnaval santista. A escola vencedora do Grupo de Acesso terá de somar 176 pontos para ser promovida ao Grupo Especial. Já a vencedora do Grupo 1 terá que alcançar 170 pontos para subir de categoria.


Os desfiles acontecem uma semana antes em relação ao restante do País. Primeiro, em 22 de fevereiro, serão as agremiações do Grupo 1: Dragões do Castelo, Unidos da Baixada, Imperatriz Alvinegra, Bandeirantes do Saboó e Império da Vila. Na mesma noite, entram na avenida as escolas do Grupo de Acesso: Unidos da Zona Noroeste, Padre Paulo, Brasil e Mãos Entrelaçadas.


No dia 23, é a vez da elite do samba santista, com apresentação do Grupo Especial, composto por Mocidade Dependente do Samba, Vila Mathias, Amazonense, União Imperial, X-9, Unidos dos Morros, Sangue Jovem e Real Mocidade Santista.


A apuração está marcada para o dia 26 de fevereiro, a partir das 12h, em local a ser definido. As premiações para as vencedoras do Grupo Especial também recebem aumento de 10% em relação a 2018. No próximo Carnaval, a campeã ganha R$ 22 mil e a vice-campeã, R$ 11 mil. As premiações dos demais grupos são feitas com troféus.


Logo A Tribuna