Quiosque é multado em R$ 1,9 mil por falta de higiene em Santos

Segundo a Secretaria de Saúde, um total de 50 quiosques fiscalizados por toda a orla da praia da Cidade

A Vigilância Sanitária de Santos multou um quiosque, situado no Canal 2, em R$ 1,9 mil por falta de higiene, alimentos armazenados sem procedência e sem data de validade. Essa foi a única autuação de uma força-tarefa realizada na tarde desta sexta-feira (15).

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Segundo a Secretaria de Saúde, um total de 50 quiosques fiscalizados por toda a orla da praia da Cidade. Os fiscais também notificaram outros 37 estabelecimentos a realizarem melhorias.

Participaram da operação aproximadamente 80 profissionais das seções de Vigilância Sanitária, Vigilância e Controle de Zoonoses e Controle de Vetores. Eles percorreram todos os quiosques de alimentos distribuídos pela praia (seis estavam fechados no momento da ação).

Entre os aspectos analisados pelas equipes, estiveram a documentação dos permissionários dos serviços, a higiene na manipulação de alimentos, os produtos com data de validade em dia, além da uniformização adequada e de procedimentos de prevenção à covid-19 como uso de máscaras, disponibilização de álcool em gel para funcionários e clientes, além da distância mínima de 1,5 metro entre as mesas. A ação contou com o apoio da Guarda Civil Municipal.

“Alguns quiosques estão totalmente adequados, outros não, principalmente em relação aos documentos e à manipulação de alimentos. Estes, nós vamos notificar para fazerem o que deve ser feito. Nossa função é educar e orientar”, informa a chefe do departamento de Vigilância em Saúde de Santos, Ana Paula Valeiras.

Caso não cumpram as determinações, os permissionários podem receber multas que variam de R$ 1 a 10 mil, afirma a chefe da Sevisa, Luciane Marquês.

“No caso da documentação irregular, eles têm oito dias para comparecer à Vigilância Sanitária com os documentos atualizados. Se não levarem, recebem a multa. Já em relação à condição dos alimentos, se observarmos irregularidades, na mesma hora descartamos no lixo”.

Qualquer morador que observar irregularidades pode formalizar a denúncia por meio da Ouvidoria, pelo telefone 162, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h ou pelo site.

Tudo sobre: