Quase cinco meses depois, Museu Pelé reabre as portas em Santos

Equipamento turístico no Valongo é o primeiro museu santista a ter atividade retomada nesta quinta-feira (13), após edição de decreto municipal liberando os espaços de visitação

Depois de quase cinco meses fechados, os museus de Santos podem abrir as portas novamente. O Museu Pelé, no Valongo, retomou as atividades nesta quinta-feira (13), quando o Decreto 9.044, do prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), foi publicado no Diário Oficial do Município. A Linha Turística de bondes também voltou a circular.

A reabertura foi autorizada porque a Baixada Santista está na terceira fase (amarela) do Plano São Paulo, de flexibilização de atividades no Estado. Porém, o funcionamento ainda não será pleno, devido à necessidade de cuidados contra a Covid-19.

Entre as regras, os museus só poderão abrir por até seis horas diárias, quatro dias por semana, com capacidade limitada a 40% da lotação. Todos os visitantes terão temperatura aferida na entrada e serão impedidos de ingressar se for superior a 37,5 graus. Deverá haver álcool em gel 70% disponível para limpeza das mãos.

Ainda dentro dos museus, será obrigatório manter distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas, com providências para se evitar aglomeração. Servidores públicos, funcionários, prestadores de serviços e visitantes deverão usar máscara.

Os museus da Cidade estavam entre as atividades proibidas ou com restrições desde 19 de março, quando o prefeito editou o Decreto 8.896 e declarou estado de emergência no Município devido à pandemia de coronavírus.

Horários

Por enquanto, o Museu Pelé (Largo Marquês de Monte Alegra, 1, Valongo) abre de quinta-feira a domingo, das 10 às 17 horas, com a bilheteria fechando uma hora antes. O ingresso custa R$ 10,00, com gratuidade para crianças de até 10 anos e estudantes dos ensinos Fundamental e Médio das redes municipal, estadual e federal.

Estudantes, pessoas com deficiência e acompanhante, professores da rede pública e idosos a partir de 60 anos pagam meia-entrada. Aos domingos, a entrada custa R$ 5,00 para todos. A Linha Turística do Bonde está circulando nos mesmos dias, das 12 às 16 horas, com saídas de hora em hora diante do Museu Pelé. O bilhete custa R$ 7,00. Para detalhes: 0800-173-887.

Tudo sobre: