Professora de escola em Santos morre após cinco dias de sintomas de covid-19

Os primeiros testes chegaram a dar negativo, e a confirmação da infecção do vírus se deu apenas dois dias antes de sua morte

Uma professora da escola particular Gato Xadrez Interativo, no bairro Pompeia, em Santos, faleceu na última terça-feira (9), vítima de covid-19. Éryka Rodrigues foi trabalhar pela última vez no dia 3 de março, e depois disso começou a sentir alguns sintomas. Os primeiros dois testes rápidos que ela fez, em dois dias consecutivos, chegaram a dar negativo, mas o PCR teve resultado positivo no último domingo (7). 

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Em nota, a Secretaria de Educação de Santos (Seduc) informou que "a Supervisão de Ensino da rede municipal e o Programa Saúde na Escola (PSE) estão dando suporte à unidade particular". A pasta afirma ainda que "por meio das visitas do supervisor, foi constatado que a escola está cumprindo todos os protocolos sanitários exigidos".

A escola afastou a classe de Éryka, com 10 alunos, e também uma professora auxiliar. Nas redes sociais da instituição, muitas homenagens foram feitas, com vídeos e fotos, por colegas de trabalho, pais, alunos e ex-alunos. 

A ocupação de leitos em Santos tem aumentado rapidamente, chegando aos 70% nas UTIs e 62% nos leitos de enfermaria. No Brasil, recordes de morte são batidos quase que diariamente. 

Tudo sobre: