Prefeito de Santos distribui abraços em roda de samba com aglomeração; vídeo

Imagens obtidas por ATribuna.com.br mostram momento de descontração de Paulo Alexandre Barbosa

O prefeito de Santos e presidente do Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb), Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), foi a uma roda de samba, na noite de sábado (24), em que havia aglomeração de pessoas, sendo que a maioria delas não usava máscara. O acessório também foi ignorado pelo atual chefe do Executivo santista, que o manteve pendurado em uma das orelhas enquanto abraçava e cumprimentava os participantes do encontro. 

Clique aqui e assine A Tribuna por apenas R$ 1,90. Ganhe, na hora, acesso completo ao nosso Portal, dois meses de Globoplay grátis e, também, dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Imagens obtidas por ATribuna.com.br mostram o prefeito na tradicional roda de samba do Ouro Verde, no Marapé. No encontro, Barbosa distribui abraços e apertos de mãos aos frequentadores. O prefeito também aparece em fotos nas redes sociais bem próximos dos participantes do espaço. 

Os atos contrariam as recomendações das autoridades sanitárias de manter distanciamento social e usar máscara para tentar conter o contágio do novo coronavírus no país.  

Também são opostas a um decreto municipal, assinado por Barbosa, no qual atribui multa de R$ 100 àqueles que não utilizam o acessório. A regra santista ainda estabelece penalidade de R$ 3 mil ao estabelecimento que permita a entrada de pessoas sem máscara. A medida tem como objetivo auxiliar no combate à proliferação do novo coronavírus.  

No Estado, outro decreto estabelece multa no valor de R$ 524,59. Por sua vez, estabelecimentos com pessoas sem a proteção contra o vírus pagam R$ 5.025,02 como penalidade. 

Em nota, o prefeito afirma ter respeitado "rigorosamente as recomendações sanitárias estabelecidas" e ter utilizado a "máscara o tempo todo, com exceção dos momentos quando eu realizava o consumo de alimentos e bebidas". (veja, abaixo, a nota na integra)

Nesta segunda-feira (26), a Baixada Santista ultrapassou a marca de 60 mil infectados com Covid-19. Desde início da pandemia, 2.143 pessoas da região morreram em decorrência às complicações do no coronavírus. Outras 33.333 pessoas aguardam resultados de exames, além de 87 óbitos que ainda são investigados na região. Ao mesmo tempo, 51.200 já se recuperaram da Covid-19. 

 

Leia nota na integra

No último sábado (24), participei de um evento organizado pela Liga das Escolas de Samba de Santos em minha homenagem, no Marapé, e também prestigiei o retorno da tradicional Roda de Samba do Ouro Verde, um patrimônio cultural da nossa cidade. Durante todo o período que estive no local, respeitei rigorosamente as recomendações sanitárias estabelecidas e utilizei máscara o tempo todo, com exceção dos momentos quando eu realizava o consumo de alimentos e bebidas.

A Fase Verde do Plano SP permite o retorno da música ao vivo em bares e restaurantes. O clube possui alvará regular e promove o controle do número de visitantes, faz a aferição da temperatura do público na entrada e disponibiliza álcool gel para todos. Lamento o uso distorcido de imagens fora do contexto real dos fatos, decorrente do atual momento eleitoral.

Tudo sobre: