Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

'Prefeito' da Vila Hayden, Bazathe Farage Jorge morre aos 91 anos em Santos

Comerciante conduziu com boa prosa e muita gentileza uma das lojas mais tradicionais da cidade, a Bazathe Tecidos

Por: Beatriz Viana  -  14/02/21  -  09:00
Comerciante de tecidos tinha 91 anos e morreu na última sexta-feira (12)
Comerciante de tecidos tinha 91 anos e morreu na última sexta-feira (12)   Foto: Alexsander Ferraz/AT

Foi enterrado neste sábado (13), no Cemitério do Paquetá, em Santos, o corpo do comerciante Bazathe Farage Jorge, de 91 anos. Dono da loja de tecidos Bazathe, ele morreu na manhã de sexta-feira (12), em decorrência de complicações causadas por uma hérnia. Segundo a família, ele havia sido internado naquela madrugada na Casa de Saúde.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Por décadas, Bazathe conduziu com boa prosa e muita gentileza uma das lojas mais tradicionais de Santos. A empresa fica na Vila Hayden, em um trecho do que era o bairro do Embaré e que teve a denominação atual oficializada recentemente. Apelidado carinhosamente de prefeito da Vila Hayden, bairro que ajudou a formar, Bazathe é lembrado por clientes e amigos de várias gerações como um homem atencioso e familiar por munícipes.


Pelas redes sociais, Bazathe recebeu homenagens e depoimentos emocionados, relembrando sua generosidade, apoio e carinho com familiares, amigos e equipe. Ex-funcionários manifestaram gratidão por terem trabalhado com ele.


O bairro


Bazathe esteve ao lado do ex-vereador Antonio Carlos Banha Joaquim (MDB) quando a Vila Hayden foi oficializada como bairro em 2018, após emenda escrita pelo vereador. Em memória do amigo, Banha relembra esse momento. “Foi a maior conquista do nosso amigo Bazathe, criador e idealizador que buscou perpetuar e legalizar o bairro. A saudade não poderá ser maior do que a gratidão. Que ele descanse em paz”.


A Vila Hayden compreende trechos das ruas Frei Francisco Sampaio, Frei Vital, Galeão Coutinho, Oscar Sampaio, Bento de Abreu, e um trecho da Avenida Siqueira Campos (Canal 4). Várias gerações de imigrantes e comerciantes formam a cultura do bairro, que reúne pontos tradicionais da Cidade. A Bazathe, na rua Frei Francisco Sampaio, fechou as portas neste fim de semana, em sinal de luto. Casado, Bazathe deixa dois filhos.


Logo A Tribuna