Paulo Alexandre Barbosa alerta sobre tentativas de golpe em seu nome: 'Não passem seus dados'

Prefeito de Santos usou as redes sociais para reafirmar a regra defendida por especialistas em segurança: nunca fornecer dados pessoais

Em meio à pandemia da Covid-19, novas formas de golpes virtuais ganham formas a cada dia. Em Santos, até mesmo o nome do prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB) passou a ser usado por estelionatários para obter dados das vítima. Partiu do chefe do Executivo santista o alerta para que os munícipes tomassem cuidado para não terem dor de cabeça futura. 

Barbosa usou as redes sociais, no fim de semana, para alertar sobre a tentativa de golpes. Conforme o comunicado do prefeito, os golpistas ligam para os moradores da cidade com a suposta tentativa de confirmar a presença em um evento pós-pandemia. Os falsários usariam o nome do mandatário santista para dar ‘um ar de autenticidade’ à investida criminosa. 

Prefeito usou as redes sociais para alertar sobre tentativa de golpe (Reprodução)

 

Na abordagem telefônica, os golpistas pedem para o titular da linha informar dados pessoas, como documentos, e-mail e número de telefones. Essas informações podem ser usadas pelos estelionatários para clonar contas de WhatsApp, por exemplo. E, com isso, enganar os contatos das vítimas para que façam depósito em contas de terceiros.  

“Golpistas estão ligando para moradores de Santos pedindo dados pessoais. Usam meu nome para supostamente confirmar presença em um evento pós-pandemia. Minha equipe não está ligando para ninguém. Não passem seus dados”, diz Barbosa. 

Golpes 

Nem mesmo a pandemia global passa ilesa pelos golpistas na internet. Temas relacionados à Covid-19 têm servido de phishing – técnica para ‘fisgar’ dados e informações por meio de uma ‘isca’ – para enganar usuários e aplicar crimes cibernéticos. A enxurrada de fake news nas redes sociais e o medo pela circulação do vírus propiciam cenários para as ameaças virtuais – que devem crescer com o avanço da epidemia no país –, alertam especialistas em tecnologia. 

O coordenador de sistemas da Magna Sistemas e professor da Fatec-Baixada Santista, Davi Silvestre Moreira dos Reis, aconselha a não informar qualquer dado pessoal pelo telefone. E também a evitar links recebidos por e-mail ou WhatsApp sem que a procedência seja de uma fonte oficial.  

Notícias sem autoria verificada devem ser desconsideradas. Na dúvida sobre conteúdos relacionados à pandemia, acesse o site das prefeituras, governo do Estado, Ministério da Saúde ou reportagens de veículos da imprensa, que contam com ajuda de especialistas sobre o tema. 

Tudo sobre: