Obras do camelódromo da Zona Noroeste de Santos estão 55% concluídas

Centro de Atendimento ao Turista e de Comércio de Artesanato da Zona Noroeste deve voltar às atividades ainda na primeiro semestre do ano

Por: De A Tribuna On-line  -  12/02/19  -  16:55
Alteração será realizada na área onde funcionará Centro de Atendimento ao Turista
Alteração será realizada na área onde funcionará Centro de Atendimento ao Turista   Foto: Isabela Carrari/Prefeitura de Santos

Conhecido como camelódromo, o Centro de Atendimento ao Turista e de Comércio de Artesanato da Zona Noroeste está com pouco mais da metade das obras concluídas, e deve voltar a funcionar ainda no primeiro semestre do ano. O edifício térreo conta com 526m² de área, e o equipamento é uma antiga reivindicação dos comerciantes locais, sendo localizado na Praça Bruno Barbosa s/nº, no bairro Castelo.


A construção conta com 38 boxes, além de duas lanchonetes, três sanitários – um deles é adaptado para pessoas com deficiência -, administração, depósito e sala para o Posto de Informação Turística.


O projeto prevê, ainda, a construção de sistema de aproveitamento de águas pluviais. A obra será concluída pela Ecovias, com investimentos de R$ 1.429.047,39, como parte do Termo de Responsabilidade de Implantação de Medidas Mitigadoras e Compensatórias das obras da entrada da Cidade.


Nesta segunda-feira (11), os trabalhos estavam concentrados no reboco das paredes e na instalação das redes elétrica e hidráulica. Em fase de acabamento, funcionários também trabalham na instalação de portas, venezianas, implantação da cobertura final e na fachada, voltada para a Rua José Alberto de Luca.


Há mais de dez anos, os 38 comerciantes que fazem parte da Associação do Comércio Popular da Zona Noroeste montam suas barracas em frente à escola municipal Cely de Moura Negrini, na Praça Prof. José Oliveira Lopes. Antes disso, eles atuavam na calçada da Avenida Álvaro Guimarães, uma das principais vias do comércio da região.


Logo A Tribuna