CLUBE IMPRESSO ACERVO COVID
Mercado Municipal de Santos vai abrigar uma cervejaria
Empresa vai produzir, a princípio, 28 mil litros de cerveja por mês
Por: Matheus Müller  -  23/04/21  -  08:02
Rene e Célio donos da cervejaria Everbrew vão montar uma cervejaria no Mercado Municipal   Foto: Alexsander Ferraz/AT

O Mercado Municipal de Santos vai abrigar uma cervejaria, possivelmente até o final deste ano. O decreto com a outorga de permissão de uso do espaço de 420,8m² foi publicado ontem, no Diário Oficial. Os investidores, donos da Everbrew, venceram concorrência pública com o maior lance para a locação da área: R$ 7.101, por mês. O acordo tem validade de cinco anos, prorrogáveis por mais cinco.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Por ser uma outorga de permissão “a título precário”, a prefeitura poderá revogar o direito de uso a qualquer momento, sem ter que indenizar os empresários pelas benfeitorias realizadas. Além das melhorias no espaço ocupado no Mercado, o edital previa a produção mínima de 15 mil litros de cerveja artesanal/especial por mês.


Para os donos da cervejaria santista Everbrew, Rene dos Santos e Célio Ongaro Jr, que já produzem 26 mil litros da bebida por mês: 2 mil na Cidade e 24 mil em Itupeva, o volume não será problema, nem a duração do acordo.


O investimento previsto em equipamentos é de R$ 3 milhões e a cervejaria terá capacidade de produzir inicialmente 28 mil litros/mês. Esse volume poderá ser ampliado, futuramente, para 40 mil litros/mês. Com essa produção, a empresa pretende manter as atividades só em Santos.


“Acreditamos muito no projeto pois trará ainda mais visibilidade para a Cidade quanto ao turismo cervejeiro e, também, para a geração de empregos, além de levar o nome de Santos para todo Brasil e países da Europa e Ásia”, afirma Rene.


A Prefeitura informou que a cervejaria deverá reservar 15% de área para exposição e atendimento ao público; comercializar produtos alusivos ao Mercado e à Cidade; participar dos projetos e eventos em parceria com a Administração Municipal, quando demandado; além de arcar com todos os custos de manutenção, segurança e higiene da área ocupada.


Os sócios dizem pretender estimular as pessoas a visitarem as instalações e participarem de visitas guiadas.


Processo para abertura


Rene acredita que após cinco meses comece a fabricar cervejas no Mercado Municipal. Ele explica que a previsão é receber oficialmente o imóvel até o final deste mês e começar as obras na primeira semana de maio. O empresário entende que serão necessários três meses para a conclusão das obras.


Só então, o espaço poderá receber os equipamentos, segundo ele, em fase final de produção. “Para montagem dos equipamentos estão previstos mais 60 dias. Feito isto, entraremos na fase de aprovação da última licença, a da Cetesb (Licença de Operação). Nossa expectativa é de que ainda neste ano já estejamos produzindo nas novas instalações”, conta.


A Prefeitura destaca que a instalação da cervejaria artesanal nas dependências do Mercado Municipal “faz parte de projeto de revitalização do espaço” (leia mais no destaque).


Produção atual


A empresa conta com um Brewpub (como chamam o estabelecimento), no Canal 4, onde servem clientes e têm capacidade para produzir 2 mil litros. “É ali que produzimos algumas receitas que são exclusivas para os moradores da nossa Cidade”, aponta Célio.


O volume restante, 24 mil litros, são produzidos em uma cervejaria de Itupeva chamada Startup Brewing.


“É no modelo chamada ‘cigano’. Alugamos os equipamentos e produzimos nossas receitas. Nossas cervejas chegam em praticamente todos os estados do Brasil e em 2020 iniciamos a exportação para alguns países Europa e, em algumas semanas, estaremos com nosso primeiro lote chegando à China”, finaliza.