Imunização em Santos seguirá o plano estadual para grupos prioritários: 'Objetivo é a vida'

Município inicia imunização nesta quarta-feira (20), data da chegada do primeiro lote da CoronaVac à região

Por: Da Redação  -  19/01/21  -  09:00
Prefeitura apresentou contêiner refrigerado de 40 pés, cedido pela armadora MSC
Prefeitura apresentou contêiner refrigerado de 40 pés, cedido pela armadora MSC   Foto: Vanessa Rodrigues/AT

O prefeito de Santos, Rogério Santos, comemorou a antecipação da remessa do primeiro lote de vacinas CoronaVac à região e afirmou que a imunização seguirá o plano estadual, começando pelos 24 mil trabalhadores da Saúde.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Ainda não foi divulgada a quantidade de doses no primeiro lote que chegará à região. “Mas será o suficiente para dar início à vacinação na Baixada Santista”.


Contudo, Rogério garante que a vacinação de todo o grupo prioritário, com cerca de 105 mil pessoas, entre os profissionais da Saúde, idosos e indígenas, ocorrerá até 31 de março.


Rogério Santos venceu a votação no último domingo com 101.266 votos
Rogério Santos venceu a votação no último domingo com 101.266 votos   Foto: Matheus Tagé/AT

“Inclusive a segunda dose, que tem que ser relacionada a mesma marca e fabricante, isso temos garantido pelo Governo do Estado”.


A antecipação ocorreu após uma reunião entre o prefeito e o secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi. “O Estado priorizou o envio para cidades com hospitais universitários. Então valeu esse esforço de vir a São Paulo e pedir a antecipação. Nosso objetivo é a vida”. disse.


Quando chegarem, as vacinas ficarão acondicionadas em um contêiner refrigerado de 40 pés (equivalente a 12 metros), cedido pela armadora MSC, que está posicionado na Arena Santos. O local foi uma escolha de segurança, por ser fechado e que contará com escolta armada.


Nesta segunda-feira, foram enviadas doses a seis hospitais de referência do Estado: na Capital, em Ribeirão Preto, Campinas, Botucatu, Marília e São José do Rio Preto.


Logo A Tribuna