EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

13 de Julho de 2020

Grupo desrespeita distanciamento social e se aglomera sem máscara em cervejaria de Santos

Cerca de 10 pessoas, todas sem máscaras, se reuniram na área externa de uma cervejaria. Consumo de alimentos e bebidas em estabelecimentos pode gerar multa de R$ 10 mil.

Um grupo de pessoas foi flagrado por funcionários de um prédio comercial consumindo cerveja em uma área externa de uma cervejaria, na última quinta-feira (28), no bairro Gonzaga, em Santos. Nas imagens, é possível ver que nenhuma das pessoas usa máscara. Segundo testemunhas, a prática é comum no local. No momento do registro, aproximadamente 10 pessoas conversavam, sem respeitar o distanciamento social, nos fundos da Cervejaria Estiva.

A Prefeitura de Santos informou que enviou uma viatura ao local para averiguar a situação, mas não encontrou aglomeração de pessoas. "Nos fundos do estabelecimento, os guardas verificaram apenas a presença de uma pessoa comprando bebidas em forma delivery", informou a administração municipal. A Prefeitura ainda ressaltou que os munícipes que se depararem com qualquer irregularidade devem formalizar denuncia pelo telefone 153. 

Ainda de acordo com a administração municipal, a Fiscalização de Posturas, da Secretaria de Finanças, quando verifica o consumo de alimentos e bebidas nos estabelecimenos comerciais, aplica a multa administrativa de R$ 10 mil e dobro em caso reincidência, até o embargo das atividades em caso de continuidade da infração.

Questionada pela reportagem, a Cervejaria Estiva respondeu que trabalha somente nos esquemas de delivery e drive thru. "Quando os clientes do drive thru abrem a embalagem no local, orientamos a não fazê-lo, sendo que o período de carga e descarga de 20 minutos é o único permitido para o drive thru", explicou o estabelecimento após contato da reportagem de A Tribuna.

Nas imagens, porém, é possível notar os tambores, que servem como mesa, instalados na porta da cervejaria. Além disso, as pessoas, divididas em dois grupos, consomem as bebidas no próprio local utilizando copos de vidro. De acordo com uma auxiliar de escritório, que preferiu não se identificar, a prática é comum no local e, no dia do registro da foto, os clientes permaneceram no local por pelo menos 30 minutos.

Tudo sobre: