Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

GCM intima barraca que realizava evento irregular em praia de Santos

Efetivo da Guarda Civil Municipal ainda orientou diversas pessoas sobre o uso incorreto da máscara de proteção obrigatória

Por: Por ATribuna.com.br  -  15/02/21  -  15:26
Atualizado em 15/02/21 - 15:52
Corporação da GCM realizou diversas orientações durante fiscalização pela orla de Santos
Corporação da GCM realizou diversas orientações durante fiscalização pela orla de Santos   Foto: Divulgação/Prefeitura de Santos

Após realizar um evento com aglomeração no domingo de Carnaval (14), uma barraca de praia, localizada no Canal 5, foi intimada pela Guarda Civil Municipal (GCM) de Santos. A corporação apreeendeu um sistema de som irregular durante fiscalização na orla.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Além desta apreensão, o efetivo da GCM também prestou auxílio à Polícia Militar na autuação de três pessoas pelo não uso de máscara de proteção e outra por despejo irregular de entulho na praia do Boqueirão.


Fim de semana


Em todo o final de semana, a GCM orientou 49 pessoas pelo uso incorreto de máscara. Além disso, a corporação também prestou 12 orientações sobre cães na faixa de areia, duas sobre prática irregular de esportes, quatro abordagens a pessoas em situação de rua e socorro a um cachorro de munícipe.


O efeitivo também prestou apoio à CET-Santos na condução de dois veículos autuados e removidos no bolsão do emissário submarino, no bairro José Menino.


Os guardas municipais trabalham a pé, em quadriciclos, motos e viaturas. Além disso, contam com apoio das câmeras do Sistema Informatizado de Monitoramento (SIM).


Guarda-sóis e cadeiras


Conforme a legislação vigente, a GCM também realizou um trabalho de conscientização sobre as regras de montagem de guarda-sóis e cadeiras na faixa de areia das praias, que são proibidos aos sábados e domingos.


Multas por não uso de máscaras de proteção


A corporação aplica multas no valor de R$ 100 para pessoas que se recusam a colocar a máscara de proteção, após abordagem e orientação dos guardas municipais.


Logo A Tribuna