Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

GCM aplica 16 multas pela não utilização de máscaras em Santos durante Carnaval

Um barraca de praia ainda foi intimada pela realização de evento clandestino com aglomeração

Por: Por ATribuna.com.br  -  18/02/21  -  22:49
Foram realizadas 510 abordagens em relação a aglomerações
Foram realizadas 510 abordagens em relação a aglomerações   Foto: Divulgação/Prefeitura de Santos

A Guarda Civil Municipal (GCM) aplicou 16 multas a munícipes que se recusaram a usar máscaras no município durante o período de Carnaval. O órgão intensificou as ações de fiscalização e orientação na orla nos últimos quatro dias, visando evitar aglomerações e a disseminação do novo coronavírus.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Foram realizadas 510 abordagens em relação a aglomerações, principalmente na área de quiosques e pontos como a Fonte do Sapo. Além disso, 342 pessoas receberam orientação pelo uso incorreto da máscara.


Além disso, um barraca de praia, próximo ao canal 4, foi intimada pela realização de evento clandestino, com aglomeração, no domingo (14). O equipamento de som foi apreendido. Ainda durante este período de Carnaval, oito pessoas foram orientadas sobre cães na faixa de areia e 80 abordagens foram realizadas em pessoas em situação de rua.


Em relação ao comércio, seis estabelecimentos foram intimados e dois multados por não cumprirem as determinações estabelecidas para prevenir o avanço da covid-19.


Já na Entrada da Cidade, 16 ônibus ou vans, vindos da Capital e do interior de São Paulo, foram abordados em barreira sanitária realizada pela GCM, Polícia Militar e CET-Santos. Destes, 13 vans e um ônibus com turistas precisaram voltar para os seus locais de origens. Desde o final de novembro, a Prefeitura não concede novas autorizações para veículos com turistas de um dia.


Apenas duas vans foram autorizadas a entrar pela Secretaria de Empreendedorismo, Economia Criativa e Turismo (Sectur) por terem comprovado reserva de barco para pescaria em alto-mar.


Logo A Tribuna