Evento da Unesco em Santos é ótimo para trocar experiências e gerar emprego

Autoridades estiveram presentes na cerimônia de abertura que ocorreu na Ponta da Praia

Por: Júnior Batista  -  18/07/22  -  15:01
Governador Rodrigo Garcia esteve presente no evento
Governador Rodrigo Garcia esteve presente no evento   Foto: Alexsander Ferraz /AT

Nesta segunda-feira (18), em evento fechado a convidados, autoridades visitaram os estandes onde acontecerá a Expo Brazilian Creative Cities, na Ponta da Praia, em Santos. De hoje (18) até domingo (24), Santos sedia a 14ª Conferência Anual da Rede de Cidades Criativas da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco), encontro global de troca de experiências e informações sobre cultura e economia criativa dentro do contexto das cidades, faz hoje uma roda de debates sobre objetivos de desenvolvimento sustentável e economia criativa.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


O evento é realizado pela primeira vez na América Latina, em Santos. A ideia é reunir representantes de cidades de todo o mundo para compartilhar políticas bem-sucedidas, boas práticas e reflexões sobre o futuro.


O prefeito de Santos, Rogério Santos (PSDB), afirmou que este é um evento para trocar boas experiências. “A economia criatividade potencializa o maior patrimônio que o ser humano tem, que é a criatividade. A criatividade surge de maneira inerente, mas também pode ser adquirida. Ela está em todos os lugares. Mas, principalmente, quando falamos em desigualdade social, a criatividade faz a diferença”, disse.


O Governador do Estado, Rodrigo Garcia (PSDB), afirmou que a economia criativa é fundamental na geração de emprego. “Cidades de todo o mundo poderão trocar boas práticas, experiências, nessa semana, e poder avançar em economia criativa em nosso País e em nosso Estado”, disse.


“Esta única e dinâmica rede de cidades é plataforma potente para o compartilhamento de iniciativas inovadoras. Em um mundo cada vez mais urbanizado, as cidades-membro têm usado a cultura e a criatividade de forma bem-sucedida para melhorar o dia a dia dos cidadãos”, diz o diretor-geral assistente de Cultura da Unesco, Ernestto Ottone.


Logo A Tribuna
Newsletter