Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Empresários e funcionários fazem manifestação na Praça da Independência, em Santos

Grupo de mais de 50 pessoas pede a reabertura dos estabelecimentos o quanto antes

Por: Nathália de Alcantara  -  07/03/21  -  23:13
O grupo ficou no local até por volta de 16h30
O grupo ficou no local até por volta de 16h30   Foto: Alexsander Ferraz/AT

Ao menos 50 pessoas participaram de uma manifestação na Praça da Independência, no Gonzaga, às 14h deste domingo (7). O grupo ficou no local até por volta de 16h30.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços! 


Um dos organizadores do ato, o dono do Lelas Beach, Allison Sales Farias, explicou que a chuva  forte ao longo do dia espantou diversos outros participantes que tinham confirmado presença no local. Mesmo assim, ele diz que empresários e funcionários de diversos estabelecimentos foram pedir que os comércios possam abrir as portas novamente o quanto antes.


“Estamos numa situação muito difícil. Eu mesmo estou pensando em fechar meu estabelecimento. Tive uma conversa com meu sócio e isso agora é algo que realmente pode acontecer nos próximos dias. São muitos gastos”.


Quem concorda com ele é o garçom Felipe Santos, de 35 anos. Ele diz que perdeu o emprego no ano passado, depois de cinco anos no mesmo local. No fim do ano, conseguiu se recolocar, mas novamente se sente inseguro com relação ao futuro na empresa.


“Não sabemos o dia de amanhã e eu tenho filhos, família para sustentar. Fico numa situação bastante delicada, porque não posso ficar desempregado de novo. Já acumulei muitas contas ano passado”.


O balconista Fernando Sampaio, de 27 anos, também não se recuperou ainda do baque do ano passado. “Tive meu salário reduzido, mas as contas seguem as mesmas, no mesmo valor. Como podemos ter paz e tranquilidade vivendo desse jeito?”


Logo A Tribuna