Em enredo sobre umbanda, Real tem fé em bom desfile

Por resultado melhor, escola começou a se preparar cedo para a apresentação deste ano

Por: Matheus Müller & Da Redação &  -  20/02/19  -  13:40
  Foto: Nirley Sena/AT

Por um Carnaval sem sofrimento, a Real Mocidade Santista antecipou os preparativos da festa de 2019. A escolha do enredo e o início das atividades ocorreram em maio passado. Há explicação: não repetir a campanha de 2018, quando terminou na penúltima posição. A umbanda, tema do desfile, também reforça a fé dos foliões por bons resultados.


O vice-presidente da agremiação, Fernando Monteiro e Osorio, afirma que a Real Mocidade está confiante em uma grande colocação. Sobre o enredo, ele explica que se trata de “uma  homenagem ao surgimento da religião 100% brasileira. Também levamos uma mensagem de paz e tolerância”.


O dirigente reconheceu o desempenho abaixo do esperado no ano passado. Avalia que não é possível realizar um Carnaval nos moldes dos de São Paulo e Rio de Janeiro, mas promete uma postura diferente da escola na avenida neste ano.


“Ocorreram muitas mudanças na escola. Pontuamos o que deu certo e tentamos corrigir o que não deu. É possível surpreender (o público)”, afirma.


Para isso, o vice-presidente aposta na capacidade dos integrantes, na força da comunidade e no que classifica de reinvenção.


“Estamos nos espelhando na Campeã do Carnaval de São Paulo (a Tatuapé, em 2018). Fizemos um intenso trabalho de reciclagem de material em nossas fantasias”, menciona.


Dificuldades


Como os demais dirigentes, Fernando Osorio comentou sobre a verba oriunda da Prefeitura. Embora com repasse maior – passou de R$52mil para R$85 mil –, ainda são muitos os custos para as agremiações, que têm gastos além dos carros alegóricos e de fantasias. Também são pagos, por exemplo, jurados, guinchos e caminhões.


Mesmo assim, o vice-presidente diz reconhecer o esforço do Município “em ajudar e manter vivo nosso Carnaval. Estamos a cada ano dando um passo maior, tanto em relação à verba quanto em estrutura”.


Logo A Tribuna